Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/12/2013 - InfoMoney Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Site Finvest Créditos é denunciado por fraude financeira e sai do ar

Saiba como proceder para verificar a idoneidade de uma financeira que achou na internet.

SÃO PAULO - Além de ser fonte de informações sobre o mercado financeiro, a internet também é território para golpistas que atuam nessa área. Nesta semana, o portal Prestum identificou outro site falso (www.finvestcreditos.com.br), que após ser denunciado por falsas promessas de crédito foi retirado do ar e já não está mais disponível. Seus administradores usavam irregularmente o nome, endereço e CNPJ da empresa Finvest Serviços Financeiros, devidamente registrada e ativa, para enganar consumidores em busca de financiamento.

O site Finvest Créditos fazia os clientes pagarem uma suposta taxa para a liberação do dinheiro oferecido, mas isso nunca chegava a acontecer. Segundo Marcos Moretti, diretor jurídico da verdadeira Finvest, não é a primeira vez que o nome da empresa é usado irregularmente. Antes, a fraude tinha outro endereço na web: www.financialcreditos.com.br, que também foi denunciada.

A Finvest real tem uma carteira de clientes formada especialmente por empresas e atua na área de gestão de investimentos. "Nosso site é o www.finvest.com.br e lá é possível encontrar um aviso que alerta que pessoas inescrupulosas estariam utilizando nosso nome e endereço para a aplicação de golpes", comenta Moretti. "Também já fizemos boletim de ocorrência na polícia."

Como mostramos em reportagem anterior publicada em Prestum Seguros, golpistas estão se aproveitando do nome da financeira Fininvest, que já não existe mais e foi incorporada ao Itaú, e de qualquer outra nomenclatura que se pareça a ele, para oferecer falsos créditos e aplicar golpes via internet.

Em geral, esses sites têm uma aparência pouco profissional, sugerem que os clientes façam depósitos em contas correntes de pessoas físicas e ficam disponíveis por pouco tempo, até serem denunciados.

Desconfie e denuncie

Se está em dúvida sobre a idoneidade de uma financeira que achou na internet, veja como proceder:

1) Confirme quem é o dono do domínio

Para ter um site, primeiro é preciso comprar um endereço na web. Depois disso, as informações sobre o registro ficam disponíveis publicamente. Para encontrá-las, é só visitar o site Whois e digitar a URL da página no campo em branco que vai aparecer no topo da tela. Assim, você já consegue conferir algumas dicas sobre se a financeira existe ou não. Por exemplo, se a empresa existe e está devidamente registrada, por que o site está em nome de uma pessoa física?

2) Verifique se a empresa aparece nas listas do Banco Central

O Banco Central tem um o registro de todas os bancos, financeiras e cooperativas de crédito em funcionamento no Brasil. Para acessá-lo, basta visitar o site da instituição. Se a entidade não constar dessas listas, mau sinal.

3) Atendimento genérico

Em ligação telefônica, a reportagem de Prestum ouviu um representante da falsa Finvest Créditos atender o telefone dizendo apenas "Financeira, boa tarde", sem qualquer tipo de identificação precisa. Quanto mais genérico for o negócio, mais você deve desconfiar.

4) Contas em nomes de pessoas físicas

Uma de nossas leitoras que se queixou desse site e contou ter caído no golpe informou que fez depósitos em contas de pessoas físicas. O primeiro ponto a observar é que nunca um banco ou instituição financeira vai pedir um pagamento adiantado para conceder um empréstimo. E o segundo é que, se a empresa possui licença para operar, espera-se que, no mínimo, tenha uma conta como pessoa jurídica.

5) Faça sua denúncia ao provedor do site

Todo site conta um serviço de hospedagem, que pode ser verificado no Whois, citado acima. Se estiver desconfiado de que é uma página fraudulenta, entre em contato com o servidor e faça uma denúncia. Certamente, esse prestador de serviços pedirá explicações ao dono do site e fará com que a web saia do ar se não conseguir comprovar suas atividades.

6) Faça um boletim de ocorrência

Se caiu no golpe e tem provas do ocorrido - como e-mails trocados ou dados de contas bancárias -, faça um boletim de ocorrência. Só assim a polícia poderá investigar a fraude e encontrar as pessoas por trás do problema.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 212 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal