Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

19/11/2013 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário é preso em flagrante ao tentar contratar empréstimo de R$ 19 mil em BH

Homem de 68 anos usava carteira de identidade e contracheque falsos de um aposentado.

Um aposentado de 69 anos foi surpreendido na tarde desta terça-feira com a informação de que seus dados estavam sendo usados na contratação de um empréstimo no valor de R$ 19 mil. O estelionatário que portava documentos falsos da vítima foi preso em flagrante dentro da financeira onde tentava concluir a operação, no Centro de Belo Horizonte.

A vítima foi contatada pela própria empresa no momento em que a transação era efetivada. “Ele (o aposentado) disse que foi correndo para a financeira. Quando ele chegava lá, avistou um militar e pediu para ele acompanhá-lo”, conta o sargento Jenessir Vitor Dutra, da 6ª Companhia do 1º Batalhão da PM.

Ao chegar na financeira a vítima esclareceu a farsa. O estelionatário, identificado como Mauro Geraldo Martins, de 68 anos, admitiu o uso de documentos falsos para contrair o empréstimo, mas evitou dizer que agiu criminosamente. “Ele disse que foi laranja nessa história. Contou que um homem que ele só conhece de vista ofereceu uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil, dizendo que só precisava de uma foto para isso. Depois esse terceiro entregou a ele um RG com os dados da vítima e um contracheque do Ipsemg”, relatou o sargento Dutra.

Mauro afirmou aos policiais que não sabe quem é e onde mora o homem que lhe entregou a documentação falsa. “O que mais chamou a atenção é que o contracheque é bem recente e a vítima disse que ainda não o recebeu”, destacou o militar. O aposentado disse aos policiais que estranhou o recebimento de uma conta de celular, cuja operadora não foi contratada por ele, mas não suspeitou que estava sendo vítima de estelionato. Ele foi orientado a procurar os serviços de proteção ao consumidor para saber se outros empréstimos, financiamentos ou compras foram efetivados em seu nome.

Vítima e autor foram encaminhados à sede da 6ª Companhia da PM para registro da ocorrência policial. Ficará a cargo da Polícia Civil identificar o terceiro envolvido no crime e outras possíveis vítimas da fraude.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 88 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal