Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

13/11/2013 - Rádio Rio Vermelho Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Detran suspende 4 mil processos de CNH em Goiás após constatar fraude

Por: Márcia Sousa


O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) suspendeu 4 mil processos para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no estado. O motivo é que os candidatos tentaram fraudar o processo, apresentando comprovante de endereço de cidades diferentes de onde residem ou cumprindo carga horária de aulas menor que o exigido pelo órgão.

Para o Detran, eles realizam esse procedimento orientados pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs). Em todo o estado, existem cerca de 700 instituições. A própria associação da categoria admite a dificuldade em fiscalizar o trabalho dos responsáveis pelos centros. “Infelizmente, no nosso meio tem aquelas pessoas de bem e aquelas que trabalham de maneira errada”, afirma o presidente da Associação dos CFCs, Jander Neves de Souza.

Os processos suspensos são de candidatos que requerem a 1ª via da carteira de motorista ou a inclusão de uma nova categoria entre as já permitidas. Eles têm até 30 dias para regularizar os documentos no órgão ou podem ter os processos cancelados. No caso de quem requer a inclusão de categoria, o candidato apenas perderá o direito à nova permissão, sem prejuízos à CNH atual.

Para chegar aos nomes dos candidatos que tentavam fraudar o processo, o Detran cruzou informações do endereço fornecidos no processo com dados da Companhia Energética de Goiás (Celg), da Saneamento de Goiás S/A (Saneago), e do Tribunal Regional Eleitoral.

Segundo o diretor de Operações do Detran, tenente-coronel Márcio Vicente da Silva, fornecer endereço falso é crime. “Ao anexar comprovante de endereço falso no processo de habilitação você está cometendo um crime, que é o crime de falsidade ideológica”, explica.

Além disso, o órgão alerta para a carga horária mínima exigida para obtenção da carteira, de 45 horas/aula de legislação de trânsito e 20 horas/aula em prática de direção. “Infelizmente, os Centros de Formação de Condutores, na sua maioria, não estavam aplicando essa carga horária”, afirma o diretor.

Para o candidato à obtenção da CNH, o servente de pedreiro Wesley Carvalho, mesmo a carga horária mínima exigida não é suficiente para preparar o motorista para o trânsito. “Mesmo com ela, tem que estudar mais, porque é diferente o trânsito com o procedimento do Detran”, opina.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 178 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal