Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

09/11/2013 - Rondonoticias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário de Rondônia é vítima de estelionato em Juiz de Fora


Um empresário de 51 anos denunciou ter sido vítima de um golpe nesta sexta-feira (8), em Juiz de Fora. O homem que é de Ji-Paraná (RO), pagou US$ 90 mil como caução em troca de um empréstimo de R$ 1,2 milhão. No entanto, a maior parte do dinheiro que recebeu era formado por notas falsas. O autor, que disse se chamar "Roberto" e se apresentou como pastor, ainda não foi localizado. O caso será investigado pela Polícia Federal.

De acordo com o boletim de ocorrências, o empresário contou à Polícia Militar que chegou a cidade acompanhado de um amigo para buscar um empréstimo pessoal com o suposto pastor que ele teria conhecido, por intermédio de um homem chamado "Jean" durante uma viagem a São Paulo. As negociações foram realizadas nos últimos 15 dias por telefone e eles agendaram para esta sexta-feira (8) a entrega dos valores em espécie.

Por volta de 10h, a negociação foi finalizada no restaurante de um hotel na Avenida Getúlio Vargas, na região central de Juiz de Fora. O empresário entregou uma maleta com US$ 90 mil em notas de US$ 20, US$ 50 e US$ 100 e recebeu em troca outra maleta onde esperava conter o valor solicitado no empréstimo. No entanto, ao abrir a mala, percebeu que apenas as notas superiores eram verdadeiras – somando R$ 1,3 mil. As outras notas apresentavam sinais de fraude. O empresário tentou, sem sucesso, contato telefônico com o suposto pastor. Então ele denunciou o caso à Polícia Militar.

O amigo do empresário e o gerente do hotel foram ouvidos como testemunhas. De acordo com as informações, o suposto pastor é um homem claro, de estatura mediana, que aparenta ter entre 60 e 65 anos. Ele estava vestindo um blazer azul escuro, camisa escura, calça jeans clara e sapato preto. A maleta com dinheiro foi apreendida e levada para a Delegacia da Polícia Federal (PF) de Juiz de Fora. Por se tratar de um caso que envolve notas falsas, a PF deve assumir a investigação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 136 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal