Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/11/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Adolescente de 16 anos é apreendido por criar perfis falsos em rede social

Jovem teria criado perfis usando nomes de personalidades de Belém. Ele é suspeito de estelionato, porque pedia dinheiro usando os perfis.

Um adolescente de 16 anos foi autuado por falsidade ideológica e é suspeito de aplicar golpes de estelionato, ao pedir dinheiro em redes sociais via perfis falsos que usavam nomes de personalidades de Belém. A polícia informou nesta quarta-feira (6) que aguarda por informações do banco onde o jovem abriu uma conta para receber doações pedidas na internet. O adolescente alegou que o dinheiro arrecadado seria encaminhado para uma creche que cuida de crianças carentes.

O mandado de busca a apreensão contra o jovem ocorreu na terça (5). Ele foi apreendido em casa, no bairro do Souza, em Belém, suspeito de criar perfis falsos de personalidades paraenses no site Facebook, com o objetivo de aplicar golpes pela internet. A ação policial foi coordenada pela Divisão de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos (DPRCT) e Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data).

Segundo o delegado Fabiano Amazonas, por meio dos perfis falsos, o adolescente chegou a pedir doações em dinheiro em nome de uma entidade filantrópica que assiste crianças carentes em Belém. Pelo menos três pessoas conhecidas na sociedade paraense, do meio empresarial e político, tiveram os nomes e imagens usados pelo jovem.

Na casa do rapaz, um computador foi apreendido para passar por perícia. O adolescente, que não estuda, vai responder pelo crime de falsa identidade. As investigações prosseguem para apurar se o crime de estelionato foi consumado. “Caso seja confirmado, ele vai ser indiciado também pelo golpe”, diz o delegado, que pediu quebra de sigilo bancário para confirmar a movimentação da conta disponibilizada pelo jovem para receber as doações.

O pedido de doação foi feiot em nome d eum advogado conhecido na cidade. Em depoimento, o adolescente admitiu ter montado falsos perfis na internet, mas alegou que fez os acessos no site por meio de um telefone celular.

De acordo com Amanozas, o jovem já havia sido autuado pelo crime de falsa identidade no começo deste ano, quanto também foi flagrado por criar falsos perfis em redes sociais. "Ele alega que se sente muito solitário e quaria conversar. Então ele se passava por pessoas conhecidas. Ele pegava o telefone de pessoas, por meio desses falsos perfis", relata o delegado.

O caso chegou a polícia após denúncias das vítimas, que começaram a chegar aos invetsogadores em dezembro de 2012. "Os amigos das vítimas começaram a desconfiar que a conta era falsa. Os prejudicados procuraram a polícia. Pelo menos três persis falsos foram criados".

Os perfis falsos foram desativados pela polícia. Após ser ouvido em depoimento na Data, o menor foi entregue aos familiares, mediante compromisso de ser apresentado pelos responsáveis para ser ouvido em audiência na Vara da Criança e do Adolescente, do Tribunal de Justiça do Estado (TJE).

Acontece é que ele criava falsos perfis de pessoas públicas, num desses perfis o adolescente pediu donativos p creche. Passou a conta bancária em nome de um advogado influente. O banco ainda vai repassar a movimentação da conta. A falsidade esta confirmada.
Foi solicitada a quebra do sigilo bancário.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 172 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal