Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

04/11/2013 - A Cidade Votuporanga Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário tenta aplicar golpe em investigador

Por: Alex Pelicer

Ao tentar comprar automóvel com cheque furtado, homem não sabia que estava negociando com policial civil e acabou detido.

Um estelionatário, que aplicou mais de 30 golpes na cidade, foi preso na manhã de ontem por investigadores da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Votuporanga. O homem detido tentou comprar um automóvel, com um cheque furtado, o que ele não sabia era que o vendedor era um policial. Ele foi detido e está na cadeia local.

De acordo com informações da Polícia Civil, A.M.B., 36 anos, já era investigado por aplicar vários golpes na cidade. Seus alvos eram pessoas que vendiam carros, motos ou caminhão.

O modo de agir do estelio-natário era sempre era o mesmo. Ele consultava primeiramente a seção de classificados sobre vendas de automóveis e em seguida entrava em contato com a vítima. Ora se apresentava como empresário, ora como sitiante, e negociava a compra do veículo. Ao realizar o pagamento, utilizava cheques de terceiros, sem fundos, e desaparecia com o objeto comprado.

Na manhã de ontem, o golpista realizou todo procedimento de praxe, ao consultar o classificado se interessou por um automóvel a venda e entrou em contato com o vendedor. O que ele não sabia era que estava ligando para um investigador da Polícia Civil, que, por ironia, investigava os golpes aplicados por A.M.B.

“Ele entrou em contato comigo, negociamos a venda tudo normalmente. Em momento algum desconfiei de golpe. Ele então pediu para ver o carro e marcou comigo em um ponto da cidade. Quando cheguei ao local, fiquei surpreso ao ver quem era. No primeiro instante não me identifiquei e continuei a negociação. Neste momento, ele então passou um cheque no valor de R$10 mil, o mesmo utilizado no golpe. Foi quando eu solicitei apoio às demais viaturas e dei voz de prisão a ele”, relata o investigador Rambim.

Os cheques que eram passados pelo estelionatário são produtos de furtos de uma empresa de Araçatuba. A Polícia Civil também já tinha conhecimento que estes cheques eram passados em golpes da cidade de Votuporanga.

O acusado foi conduzido até sua residência, no bairro Matarazzo, onde investigadores fizeram buscas pelo imóvel. No local, foram encontradas outras folhas de cheques em branco e contratos. O homem negou aplicar golpes na cidade, mas diante das provas, acabou confessando a prática.

Diante dos fatos, ele foi conduzido ao plantão policial, onde o delegado plantonista Márcio Nobuyoshi Nosse ratificou a voz de prisão. A.M.B responderá pelo crime de estelionato e a pena pode chegar a até cinco anos de detenção.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 174 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal