Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

25/10/2013 - Diário do Vale Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Corretores de imóveis sem registro são detidos


Policiais civis da 93ª DP (Volta Redonda) levaram para a delegacia sete pessoas durante a operação "colmeia", realizada na manhã de hoje (25). O objetivo era coibir os chamados "zangões", pessoas que exercem a profissão de corretor de imóveis sem o registro do Creci (Conselho regional de corretores de imóveis). O delegado do Conselho, Emil Savelli, também participou da ação.

Todos os detidos foram autuados por exercício ilegal da profissão. Eles assinaram um termo se comprometendo a comparecer ao juizado especial criminal quando forem intimados.

De acordo o delegado, o exercício ilegal da profissão é crime, cuja pena pode chegar a três meses de detenção. No entanto, na maioria dos casos, a pena é convertida em multa ou prestação de serviços.

- Por isso, aconselho as pessoas que estão na clandestinidade, que prestem o curso e se habilitem como corretores de imóveis - completou Furtado.

Já o delegado do Creci, Emil Savelli, orientou que, antes de comprar ou vender um imóvel, o interessado deve se certificar de que o corretor está legalizado.

O Creci acredita que pelo menos 23 "zangões" estão atuando ilegalmente em Volta Redonda, e tirando a dignidade do corretor legalizado. Além de responderam criminalmente na Justiça, o Creci também penaliza a imobiliária que trabalha com falsos corretores. Emil explicou que a multa pode chegar até R$ 40 mil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 327 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal