Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

24/10/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Bando que falsificava dinheiro no PI é investigado por assaltos a Correios

Segundo a PF, homem preso já foi reconhecido em pelo menos duas ações. 'Operação Garoupa' foi deflagrada nesta quinta-feira (24).

A Polícia Federal irá investigar a participação da quadrilha desarticulada nesta quinta-feira (24) durante a ‘Operação Garoupa’ em assaltos a agências dos Correios no Piauí. De acordo com o delegado Alex Gomes, o suspeito preso já foi reconhecido em pelo menos duas denúncias formalizadas junto à PF. Os policiais cumpriram sete mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal. Segundo a PF, o bando seria responsável também por derrame de células falsas de R$ 100 na Zona Leste de Teresina e interior do Piauí.

“Ele já foi reconhecido por participação em pelo menos dois assaltos aos Correios no estado”, disse o delegado.

Um levantamento feito pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios no Piauí apontou que só este ano já foram contabilizados 112 ações criminosas às agências e que 90% das ocorrências são registradas no interior do estado.

Segundo o delegado Alex Gomes, o homem preso é comerciante na Zona Leste de Teresina e com alguns familiares dele foram encontradas 25 notas falsas de R$ 100. “Ele havia sido preso em maio pela Polícia Civil de Campo Maior pelo crime de falsificação de moeda e estava em liberdade e cumprindo medida administrativa, mas voltou a ser preso em flagrante por porte ilegal de arma”, disse.

De acordo com a Polícia Federal, uma das armas apreendidas é importada e a outra seria de propriedade da Secretaria de Segurança Pública. Coletes balísticos e vários documentos também foram apreendidos. Segundo o delegado, os números de séries e características das cédulas falsificadas, demonstraram que foram produzidas pelo mesmo grupo criminoso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 89 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal