Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2007 - Folha do ES Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Servidores denunciam fraudes no Sindicato que beneficiam diretores


Membros do Grupo Operacional dos Servidores da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim protocolaram no Ministério Público do Trabalho denúncias de fraudes por parte da atual diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais que forjaram assembléia para “se locupletarem e usurparem das categorias em benefício dos diretores da entidade” acusa um dos denunciantes, Sérgio Santos de Almeida.

Vários servidores procuraram a redação deste jornal, munidos de documentos, quando descreveram os crimes cometidos pela diretoria do Sindimunicipal, o mais grave “a concessão de cargo de confiança para membros da diretoria; prorrogação dos mandatos até 2011; estabelecimento de teto de cinco salários para diretores licenciados a mais do salário base com servidor. “É uma vergonha”, enfatiza Luciano Malfacini.

Contribuição

Enquanto se debate no País o fim da contribuição sindical, a diretoria do Sindimunicipal, na assembléia questionada do dia 27 de outubro, registrou em ata supostamente fraudulenta recolhimento de 100% do valor até então vigente, ou seja, passaram de 1% para 2%, e mais um dia de trabalho de desconto no mês de março de todo servidor associado.

A denúncia se baseia na Assembléia que deveria acontecer no Pavilhão da Ilha, sendo que no mesmo dia e horário estava acontecendo o Primeiro Fest Servidor. Na entrada, cada funcionário era obrigado a assinar uma lista de presença para ganhar um tíquete de almoço e refrigerante, sem ter conhecimento das deliberações que ocorreram em 15 minutos, sem a presença dos associados listados.

“Meu nome consta na ata, cujo cabeçalho não tinha a logomarca do Sindimunicipal e nem se referia à Assembléia. Informaram-me, quando assinei, que era apenas para registrar a presença na festa e pegar o tiquet, sendo que cheguei às 9h50 da manhã e as deliberações já haviam ocorrido às 8h15, logo eu não poderia ter aprovado nenhuma proposta, até porque fui somente, como a maioria, para a festa do servidor. Estou me sentido traído e lesado, como muitos. Por isso, vamos recorrer à Justiça, pois estão fazendo negociata no Sindicato”, desabafou Luciano.

Os membros do Grupo Operacional estão preocupados que essa fraude venha a prejudicar não somente os servidores ativos atuais como os que vão prestar concurso. Ao que parece, fizeram um discurso para ganhar a diretoria do Sindimunicipal, mas na verdade deram um golpe. “Lembrando que os atuais diretores estão na direção da entidade sob força de liminar e não se sabe nem da legitimidade de atos assinados por seus membros”, questionou Sergio Santos.

O Grupo Operacional dos Servidores deverão se mobilizar para reunir as categorias para dar ciência da fraude e atos lesivos, com objetivo de tornar nulas as deliberações sem o conhecimento dos funcionários.

Existem outras denúncias, que podem vir à tona, de chantagem de membros da diretoria do Sindimunicipal , exigindo dinheiro e cargos na prefeitura para benefício deles em troca de controlar possíveis greves futuras, mas a administração não cedeu na época e poderá virar denúncia na Polícia Federal e Ministério Público. Os benefícios conquistados até agora foram em decorrência de uma comissão abrangente de todas as categorias que encontraram apoio do prefeito Roberto Valadão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 332 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal