Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2007 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende quadrilha que aplicava 'golpe da casa própria'


A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (29) em Palmas, no Tocantins, uma quadrilha que usava dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para construir imóveis de péssima qualidade.

A quadrilha, formada por funcionários públicos e uma empreiteira, tinha a participação de funcionários da Caixa Econômica que agilizavam a liberação de recursos do FGTS para os compradores. Segundo a PF, o grupo usava documentos falsos e conseguia aprovação dos financiamentos em três dias.

Prisões

Sete pessoas estão presas, entre elas empresários, funcionários da Caixa e da Secretaria de Habitação de Palmas.

De acordo com as investigações da PF, a empreiteira gastava R$ 8 mil reais para construir uma casa. Os imóveis, que não têm sequer viga de sustentação, foram vendidos por R$ 40 mil cada.

A Defesa Civil condenou todas as casas que foram levantadas pela empreitera da quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 266 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal