Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2007 - O Tempo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Brasileiro queria ser garçom mas é preso por lavagem de dinheiro


HONG KONG - Um brasileiro, de 34 anos, que alega ter ido a Hong Kong, na China, para trabalhar como garçom, foi preso em 13 de outubro, acusado de envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro com contas bancárias em, pelo menos, cinco países. Conforme a agência de notícias BBC Brasil, ele está no centro de detenção Lai Chi Kok, em Kowloon, em Hong Kong, onde aguarda o julgamento - cuja data será definida em uma audiência em 12 de dezembro.

O brasileiro relatou à agência que foi usado como "laranja" por um homem que o recrutou no Estado do Pará, no final de 2006, com a promessa de trabalho em Hong Kong. Ao chegar ao aeroporto chinês, guardas da fronteira verificaram que ele figurava na lista de suspeitos procurados por crimes comerciais: é o único diretor da De Lux Trading, empresa fantasma registrada em Hong Kong, cuja conta bancária serviria para lavar dinheiro ilegal.

De acordo com o processo, as transações ilegais feitas pela De Lux Trading em uma conta no banco Hang Seng, apenas entre 13 e 21 de agosto, somaram mais de US$ 286 mil. A unidade de crimes comerciais de Hong Kong investiga se esse valor é só a ponta de um iceberg multimilionário, organizado por uma quadrilha internacional dirigida por libaneses.

Se for condenado por lavagem de dinheiro, o brasileiro pode cumprir pena de reclusão total de até dois anos em Hong Kong (não há possibilidade de extradição, já que o crime ocorreu na China) ou recorrer em processo. O governo do Brasil não disponibilizou um advogado para ele. Uma equipe do serviço de assistência jurídica gratuita da Corte do Leste de Hong Kong defende-o. (APM)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 276 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal