Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

14/10/2013 - Primeira Edição Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-prefeito de Novo Lino é condenado por fraude descoberta na operação Guabiru

Vasco Rufino e outros 3 ex-integrantes terão de devolver o dinheiro.

O ex-prefeito Vasco Rufino da Silva e três outros ex-integrantes da prefeitura de Novo Lino foram condenados pela Justiça Federal por atos de improbidade administrativa descobertos durante a chamada operação Guabiru. Além de perder os direitos políticos por oito anos e a função pública que eventualmente esteja ocupando, Vasco Rufino da Silva está proibido de contratar com o poder público durante cinco anos, terá que ressarcir os cofres públicos em R$ 127,3 mil, juntamente com os demais condenados, e pagar multa civil individual de R$ 50 mil.

Além do ex-prefeito, o ex-tesoureiro, Severino Rufino da Silva; o ex-secretário de Finanças, José Arthur da Silva, e o então chefe de contabilidade, Lúcio Amorim, foram responsabilizados pelo desvio de verba pública destinada à merenda escolar entre 2002 e 2003. Os três outros integrantes da administração do município também foram condenados às mesmas penas de Vasco Rufino da Silva, com variação apenas em relação às multas individuais: R$ 25 mil a serem pagos pelo ex-tesoureiro; R$ 10 mil, pelo ex-secretário de finanças e R$ 10 mil, pelo ex-chefe de contabilidade.

A ação civil por improbidade administrativa foi proposta pelo Ministério Público do Estado de Alagoas (MP/AL), com base em investigação que teve origem em denúncias feitas por vereadores do município quanto à baixa qualidade da merenda escolar oferecida às crianças de Novo Lino. Ao analisar a documentação da prefeitura, o MP descobriu um esquema de utilização de notas fiscais frias e de empresas “de fachada” para fraudar - e até mesmo dispensar ilegalmente - licitações para aquisição de merenda escolar com verbas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Ministério da Educação (MEC).

Por se tratar de recurso federal, o processo foi encaminhado para a Justiça Federal, ocasião na qual o MPF ingressou no processo dando prosseguimento à ação contra os acusados, com base na Lei 8.429/92. Segundo apontou o MPF na ação - e que foi confirmado pela Justiça - todo o esquema era comandando por Vasco Rufino da Silva, o então ordenador das despesas de Novo Lino, que assinava juntamente com seu filho – e então tesoureiro - Severino Rufino da Silva os cheques de pagamento às empresas fantasmas.

Cabia ao então secretário de finanças, José Arthur da Silva, sacar o dinheiro em espécie, pois os cheques não eram nominais, e realizar o pagamento às empresas “fantasmas”. Ele também assinava as notas de empenho para os referidos pagamentos. Já Lúcio Amorim, o então chefe de contabilidade, era o responsável pela “montagem” das licitações fraudulentas, colhendo as assinaturas dos demais.

A sentença foi proferida pelo Juiz Sérgio Abreu Brito, da 7ª Vara Federal de União dos Palmares, em 9 de setembro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 75 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal