Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

11/10/2013 - O Diário de Mogi Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MP ajuíza ação contra Junji por fraude

Por: Sabrina Pacca


O Ministério Público (MP), por meio da Promotoria de Justiça de Mogi das Cruzes, divulgou que ajuizou uma ação de responsabilidade civil por ato de improbidade administrativa na qual pede a concessão de liminar para que a Justiça decrete a indisponibilidade dos bens do ex-prefeito, Junji Abe (PSD), das empresas Mito Transporte e Turismo e Júlio Simões Transportes e Serviços, além de oito agentes públicos e empresários: Fernando Antônio Simões, Antônio Alexandre Eroles, Antônio Adriano Eroles, José Carlos Pavanelli Eroles, Nobuo Aoki Xiol, José Odair Pereira Diniz, Alexandre Ripamonti e Elen Maria de Oliveira Valente Carvalho.

O valor da ação foi estabelecido em mais de R$ 2,5 bilhões, “a fim de garantir o ressarcimento aos cofres públicos municipais de prejuízos causados por licitação fraudulenta, em caso de condenação futura”, diz o MP. Esse montante foi calculado, de acordo com a Promotoria, somando os valores dos contratos, atualizados, mais a multa prevista na Lei de Improbidade Administrativa.

Segundo o Ministério, o processo, proposto pelo promotor de Justiça Renato Kim Barbosa, no último dia 23 de setembro, teve início após a instauração de dois inquéritos civis, posteriormente reunidos em um só, de 2007 e 2009, para apuração de atos de improbidade pelo então prefeito Junji Abe, referentes ao transporte coletivo em Mogi das Cruzes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 463 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal