Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/11/2007 - Maracajú News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

ONG: 20% dos créditos de carbono da ONU são fraude


Um de cada cinco créditos para emissão de carbono fornecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) dará apoio a projetos de energia limpa que podem, na verdade, aumentar a produção de gases do efeito estufa, afirmou nesta quinta-feira o grupo ambientalista WWF.
A ONU administra um mecanismo criado pelo Protocolo de Kyoto e por meio do qual os países ricos podem investir em projetos de energia limpa dentro de países em desenvolvimento e receber, em troca, créditos certificados de redução de emissões (CERs). Esses créditos são usados para abater suas próprias emissões.

Mas o WWF disse, em um relatório, que os CERs estão sendo concedidos para projetos que teriam sido implantados de toda forma e que não contariam com o incentivo adicional resultante da aprovação deles pela ONU em meio ao esquema, conhecido como Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (CDM).

O relatório, preparado pelo Instituto Oeko para Ecologia Aplicada, da Alemanha, disse que os projetos carentes da chamada "adicionalidade" contribuem para aumentar a produção dos gases responsáveis pelo aquecimento ao fornecer às empresas justificativas ilegítimas para continuarem a poluir.

"Um de cada cinco créditos de redução das emissões vendido dentro do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo do Protocolo de Kyoto carece de integridade ambiental", afirmou o WWF. Segundo a entidade, a questão prejudica o mercado global de créditos de emissão de carbono, que neste ano deve aumentar em mais de duas vezes, para um valor de cerca de US$ 70 bilhões.

"O CDM é uma ferramenta nova e importante. E precisa ser aprimorado para atingir suas metas", disse em um comunicado Stephan Singer, diretor da Unidade Européia de Política Climática do WWF. O relatório recomenda melhorias no CDF, um mercado avaliado em cerca de US$ 5 bilhões em 2006, segundo dados do Banco Mundial.

O aprimoramento dos procedimentos e a intensificação dos controles por parte dos órgãos encarregados de fiscalizar os projetos constam das mudanças que o WWF espera ver os governos discutirem na conferência mundial sobre o clima a ser realizada na próxima semana em Bali (Indonésia).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 244 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal