Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

09/10/2013 - Público.pt - Última Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Filha do rei de Espanha usou dinheiro de empresa suspeita de fraude

Cartão de crédito foi usado para pagar flores, restaurantes e roupas de criança.

A infanta Cristina de Borbón, filha do rei de Espanha, usou um cartão de crédito de uma conta que recebeu dinheiro de uma sociedade através da qual o marido é suspeito de ter recebido fraudulentamente dinheiro público.

O registo bancário, pedido pelo juiz de instrução encarregue do caso, mostra que a infanta gastou dinheiro, num total a rondar os 3600 euros, em roupas infantis, flores, restaurantes e contas de telemóvel, através de uma conta para a qual tinham sido transferidos 150 mil euros.

A conta estava em nome dela e do marido, Iñaki Urdangarin, que é acusado pelos crimes de falsificação de documentos, desfalque de dinheiros públicos, fraude à Administração e prevaricação.

Em causa está o desvio de dinheiro público do Instituto Nóos, uma entidade para a promoção do desporto, que foi presidido, entre 2004 e 2006, por Urdangarin, antigo jogador de andebol.

O genro do rei de Espanha admitiu no ano passado, já no âmbito da investigação, que continuou a fazer negócios com o instituto depois de ter deixado a presidência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 102 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal