Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

08/10/2013 - O Rio Branco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Taumaturgo Lima nega envolvimento com fraudes


O deputado federal Taumaturgo Lima (PT-AC) descartou em nota enviada à imprensa qualquer envolvimento de seu mandato com empresas envolvidas em fraudes. A indignação do parlamentar acreano veio a partir de uma matéria veiculada na imprensa nacional, sexta-feira da semana passada.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Brasília, DF, 06/09/2013
Taumaturgo Lima
Deputado Federal

Tendo em vista matéria publicada no jornal O Globo, edição da última sexta-feira 04, na qual tenho meu nome citado como um dos parlamentares que usaram notas de empresas ligadas a fraudes, sinto-me na obrigação de esclarecer o seguinte:

Esclareço que não conheço e até recentemente nem sabia da existência de um tal Fayed Traboulsi, que segundo a imprensa é um doleiro investigado por órgãos da Justiça Federal. O fato de no inicio do meu mandato, entre fevereiro e agosto de 2011, meu gabinete haver alugado dois veículos através da empresa MC Incorporação e Consultoria Ltda em hipótese alguma poderia caracterizar vínculo com os seus proprietários, acionistas ou algo do gênero.

À época, os serviços foram contratados, prestados, utilizados e pagos visto que naquele momento seria impossível supor que a empresa viria a ser alvo de denúncias de irregularidades. Tais irregularidades só vieram a público em 2012 quando não mais mantínhamos qualquer tipo de relação contratual.

O mesmo se deu em relação ao contrato com a Gold Consultoria Ltda, para elaboração e manutenção de um site informativo na Internet, cujos serviços foram dispensados logo que cessou a necessidade.

É importante salientar que o motivo do envolvimento dessa empresa com a operação atribui-se à movimentação financeira dos fundos de pensão das prefeituras municipais. No Acre, nenhuma prefeitura possui fundo de pensão; portanto, considero inconsistente associar-me a esse tipo de operação.

Quanto ao assessor, cabe dizer que foi contrato em virtude de reconhecida experiência de trabalho em gabinetes anteriores, sendo exonerado tão logo foi citado pela reportagem que é investigado de participação no esquema.

Ao povo acreano renovo o meu compromisso de realização de um mandato limpo e transparente e de respeito inarredável à confiança que me foi dada pela gente da minha terra.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 93 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal