Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

04/10/2013 - A Crítica (Manaus) Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Colombiano preso por lavagem de dinheiro no aeroporto de Tabatinga

Por: Joana Queiroz

A Polícia Federal não tem dúvida de que dinheiro encontrado com colombiano pertence ao tráfico internacional de drogas.

A Polícia Federal apreendeu na tarde quarta-feira (3) o colombiano identificado pelas iniciais T.A.G., 62, no momento que ele desembarcava no aeroporto de Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus). Ele transportava no fundo falso de uma mochila aproximadamente R$ 350 mil em moedas diversas. O delegado titular da delegacia local, Gustavo Henrique Pivoto João, disse que havia suspeita que o dinheiro seria para compra ou venda de droga.

Pivoto informou que o colombiano foi autuado em flagrante pelos crimes de evasão de divisas e lavagem de dinheiro. T.A.G. foi preso quando desembarcava de um vôo da linha Azul Linhas Aéreas. Durante a fiscalização, os agentes da PFl encontram a maior parte do dinheiro escondida no fundo falso da mochila. “A forma que as moedas foram encontradas deu a entender que ele tinha a intenção de ocultar o valor”, disse Pivoto.

Segundo Pivoto, o colombiano estava transportando 127.505,00 dólares, 6 mil euros, 270 mil pesos mexicanos, 338 reais, 884 mil pesos colombianos e 100 sois peruanos, o equivalente a R$ 350 mil, aproximadamente. Polícia não tem dúvidas tratar-se de dinheiro do tráfico. Os valores apreendidos dariam para comprar aproximadamente meia tonelada de droga no Peru.

Frequência

O superintendente da PF, delegado Sérgio Fontes, disse que as apreensões de dinheiro estrangeiro e real têm sido frequentes este ano. No mês de maio foram apreendidos US$ 290 mil e mais R$ 3.945 que estavam sendo levados de Manaus para a cidade de Letícia, na Colômbia.

“Há fortes indícios de que o dinheiro que estamos apreendendo seria usado na compra de entorpecentes, já que os produtores não vendem droga no cartão de crédito”, disse o superintendente. Segundo ele, a apreensão de dinheiro gera maior prejuízo para o tráfico do que a apreensão da droga. “Esse é um dos nossos compromissos, dar prioridade a apreensão do dinheiro do tráfico porque descapitaliza as organizações criminosas”, o superintendente da PF-AM, Sérgio Fontes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 145 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal