Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/11/2007 - Cosmo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Agora é a vez do 'golpe da vovó'

Por: Daniela do Canto


Dois golpes foram registrados no Centro de Campinas na tarde de anteontem. Um deles, ocorrido no final da tarde, foge dos padrões com os quais a polícia está acostumada: é o chamado "golpe da vovó".

Uma senhora, que aparentava ter 60 anos, fingiu passar mal na esquina da Rua Barão de Jaguara com a Avenida Moraes Sales. Uma auxiliar administrativa de 23 anos parou para ajudar.

Nessa hora, um homem segurou a jovem e a senhora rapidamente levantou-se, pegou a bolsa da auxiliar administrativa com a ajuda de uma segunda mulher e fugiu pela Avenida Moraes Sales.

Segundo a descrição feita pela vítima a policiais, a senhora é gordinha, tem cabelos ruivos e olhos verdes e a mulher que ajudou-a a cometer o roubo teria cerca de 35 anos, cabelo castanho claro, 1.60 metro e é magra. Já o homem teria 1,80 e compleição forte.

Velho e infalível

O outro foi no estilo do velho, mas infalível "golpe do bilhete premiado". Aconteceu por volta das 11h30, quando uma professora de 65 anos foi abordada na Rua Cônego Cipião por um homem, com aparência humilde, que pediu informações sobre o endereço de uma loja. Em seguida, um segundo homem chegou, para quem o primeiro também solicitou ajuda.

Neste momento, o primeiro golpista disse que tinha um bilhete da Mega-Sena premiado e que era muito ignorante e não sabia como receber o prêmio. Disse também que se obtivesse ajuda dos dois - o outro golpista e a vítima - daria a eles dinheiro, sob a condição deles mostrarem que tinham dinheiro. O homem que chegou por último mostrou dólares dentro de um saco e então os três entraram em um carro, provavelmente em um Monza de cor escura, e foram até uma agência bancária no Centro, onde a professora retirou R$ 15 mil e entregou aos golpistas. Eles fugiram em seguida.

A professora conseguiu descrever os homens à polícia. O primeiro, que usava uma "voz chorosa de caipira" - como exemplifou a vítima - teria 1,65 metro, entre 27 e 28 anos, olhos castanhos claros e cabelo castanho escuro encaracolado. O outro homem teria 39 anos, 1,70 metro, dentes quebrados e é parcialmente calvo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 293 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal