Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

03/10/2013 - Yahoo Notícias / Agência O Globo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-ministro é condenado a 5 anos por corrupção na Índia


NOVA DÉLHI - A riqueza e a influência de um dos mais conhecidos políticos do estado indiano de Bihar não foram empecilho para a Justiça. O ex-ministro das Ferrovias da Índia Laloo Prasad Yadav foi condenado nesta quinta-feira a cinco anos de prisão por corrupção. Após uma investigação que se arrastava desde 1996, ficou comprovado que ele desviou US$ 151 milhões em recursos públicos que deveriam ter sido empregados na compra de ração para gado quando era ministro-chefe de seu estado natal.

O caso, emblemático da corrupção que assola o país, ficou conhecido como o "golpe do feno". Mas o veredicto também foi interpretado como um marco no combate às falcatruas: Yadav é um dos primeiros políticos a perder sua cadeira no Parlamento depois que a Suprema Corte da Índia determinou que congressistas condenados pela Justiça estão impossibilitados de ocupar cargos públicos.

Um dia antes da condenação, o governo retirou repentinamente uma controversa ordem que derrubava a decisão da Corte Suprema sobre o banimento de políticos condenados na Justiça.

O ex-ministro, de 65 anos, foi preso logo após ouvir o veredicto, que incluiu, ainda, o pagamento de uma multa de cerca de 2,5 milhão de rúpias (cerca de R$ 82 mil). A família disse que vai recorrer, mas autoridades prometem que a tarefa não será fácil.

- Ele servirá cinco anos de prisão rigorosa - declarou o secretário-adjunto da Ordem dos Advogados, Arvind Singh.

Segundo a imprensa local, esse tribunal já condenou 45 pessoas, entre políticos e figurões da elite por crimes de corrupção. Entre os casos de destaque, está o de outro ex-ministro-chefe de Bihar, Jagannath Mishra, também condenado a quatro anos de cadeia por desvio de dinheiro público.

A revelação de escândalos de corrupção entre as altas fileiras do governo tem despertado uma irritação sem precedentes entre os indianos. Em Nova Délhi, a ONG Associação por Reformas Democráticas contabiliza pelo menos 1.460 casos políticos indiciados. Na Câmara dos Deputados, de 543 cadeiras, mais de 150 legisladores estão enfrentando a Justiça.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 108 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal