Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

27/09/2013 - Cenário MT Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista diz ser morador de Nova Mutum e mulher cai no "golpe do envelope vazio"

A mulher teve prejuízo de R$ 9 mil.

No município de Várzea Grande, a Polícia Militar prendeu o motociclista Adael Pontes da Silva de 27 anos, acusado de participar de um esquema criminoso, conhecido por “golpe do envelope vazio”.

Ele foi preso quando tentava receber R$ 2 mil de uma mulher que havia vendido uma máquina de sorvete por R$ 9 mil. O comprador havia simulado um depósito em conta, mas tinha registrado em um envelope vazio.

Segundo a proprietária do equipamento, ela anunciou a venda no site “bom negócio” e no dia 21, recebeu uma ligação de uma pessoa interessada na compra. Ele se apresentou como Francisco Machado Filho, morador em Nova Mutum.

O golpista pediu o número da agência e conta da vendedora para fazer o depósito. Dois dias depois, ela checou a conta e verificou que havia dois depósitos – um de R$ 5 mil e outro de R$ 4 mil, mas estavam bloqueados. À noite, apareceu um homem batendo na porta da casa dela e um carro, com as características da PM, acompanhando-o para buscar a máquina de sorvete. Ela pediu para que um vizinho ajudasse a carregar no caminhão. Em seguida, ouviu um homem falando no rádio da viatura. “Seu Francisco, teu problema está resolvido. Boa sorte”.

Dias após descobrir que tinha caído no golpe, começou a receber ligações em seu celular do falsário, que se identificava como “Francisco”. Ele exigia R$ 2 mil para a devolução da máquina. A vítima, então acionou a PM que pediu para mudar o local de pagamento para o centro de Várzea Grande. No local combinado, a vendedora da máquina de sorvete deparou com um mototaxista encarregado de pegar o dinheiro. Adael foi autuado pelo crime de extorsão. A máquina não foi localizada.

Os policiais que prenderam o mototaxista disseram desconhecer o fato de um policial falar no rádio de uma viatura com uma pessoa, pois a comunicação é só entre policiais. “Deve ser alguém que chegou junto com o golpista num carro parecido com a viatura”, observou um dos policiais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 212 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal