Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

26/09/2013 - R7 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação prende 3 funcionários do Detran por fraude na Baixada Fluminense

Um fiscal foi flagrado cobrando propina de um motorista em um posto de vistoria.

Uma operação realizada na manhã desta quinta-feira (26), que contou com 70 homens da Polícia Civil e da corregedoria do Detran-RJ (Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro), prendeu três funcionários do Detran por fraudes em um posto de vistoria em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Um fiscal foi capturado em flagrante ao tentar cobrar propina para liberar o carro de um motorista. No porta-malas do veículo de outro fiscal, os policiais encontraram documentos adulterados que não constavam nos cadastros do Detran. Os três presos foram levados para a Delegacia do Imbariê (62ª DP), responsável pelas investigações.

Segundo David Anthony, corregedor do Detran, as investigações sobre as fraudes começaram há um ano após surgirem denúncias de motoristas que se sentiram lesados no posto do Detran.

— Houve denúncias anônimas e houve pessoas que ficaram indignadas e prestaram depoimentos alegando que os fiscais exigiram propina para que o caro deles fossem aprovados.

O delegado Marcelo Ambrósio, titular da Delegacia do Imbariê, alertou que os fiscais corruptos põem a população em risco ao aprovar em vistorias carros que não têm condições de circular.

— Não é nem a questão de os funcionários estarem arranjando dinheiro. Mas é um risco que as pessoas correm principalmente nas rodovias aqui de Caxias. Muitos acidentes acontecem. As pessoas perdem vidas, perdem membros, ficam inválidas. É isso que a gente quer evitar.

De acordo com as investigações, funcionários do Detran do posto de Caxias cobravam até R$ 300 para liberar motoristas. A operação desta quinta tentava cumprir 35 mandados de busca e apreensão na capital e municípios da baixada e interior. Foram denunciadas 12 pessoas por fraudes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 164 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal