Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/11/2007 - Portal Amazônia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Listel Publicar alerta contra fraudes praticadas por editoras piratas


MANAUS - A Listel Publicar, editora de listas e guias telefônicos da Publicar do Brasil, faz um alerta aos anunciantes do Amazonas para evitar que sejam vítimas de diferentes modalidades de fraudes no mercado de listas e guias telefônicos comerciais, que também têm ocorrido em todo o Brasil. As ocorrências de fraudes vêm sendo registradas com freqüência pelos órgãos de defesa do consumidor existentes no Estado, especialmente nos últimos meses quando se aproxima as festas de fim de ano.

Em geral, os fraudadores apresentam-se em nome de editoras tradicionais do mercado, como se fossem seus agentes, ou atuam como empresas do setor, utilizando nomes e marcas similares, no caso “piratas”, às já consolidadas, oferecendo anúncios gratuitos ou fazendo cobranças indevidas. Em alguns casos há ameaças de inclusão do nome do cliente no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

“Há situações de envio de boletos ilegais e ligações para atualizar dados para a próxima publicação da lista telefônica. Nossos boletos têm as nossas marcas, Editel e Listel originais e em caso de qualquer dúvida o cliente deve procurar nosso escritório em Manaus, ou ligar para o nosso Serviço de Atendimento a Clientes (SAC), 0800-701-1566. A ligação é gratuita”, orienta o gerente regional Norte da empresa, Eudes Magalhães.

O diretor Regional do Norte e Nordeste da Listel Publicar, Jaime Morales, alerta que a empresa não realiza nenhuma cobrança financeira sem a autorização prévia e assinatura do cliente. “Também não mantemos conta corrente em nome de terceiros para recebimento de pagamentos ou depósitos” afirma. Havendo qualquer suspeita de fraude, o cliente deve entrar em contato a Listel.

Como Funciona

O golpista usualmente telefona para o comerciante ou prestador de serviços oferecendo anúncios gratuitos e solicitando a confirmação dos dados cadastrais para renovar ou vender anúncios em listas que nunca serão entregues.

De posse desses dados, enviam para o cliente um boleto para pagamento ou uma conta corrente para depósito bancário, com a cópia do anúncio publicado em uma suposta lista telefônica. Há também fraudadores que induzem os empresários a informar-lhes a existência de contratos reais feitos com editoras idôneas e oferecem descontos para recebimentos antecipados dos pagamentos, recebendo valores que não lhes são devidos.

O Procon em todo o País informa que constantemente o órgão recebe reclamações deste tipo e orienta os consumidores a não passarem qualquer tipo de informação antes de verificar se a empresa é confiável. Outra recomendação é não assinar nenhum tipo de contrato sem a análise prévia. Em caso de dúvida, procurar imediatamente um órgão de defesa do consumidor.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 381 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal