Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

19/09/2013 - Campo Grande News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende receptadores com R$ 50 mil ao investigar estelionato no RJ

Por: Graziela Rezende


Ao investigar o crime de estelionato, oriundo de empresas do comércio eletrônico com sede no Rio de Janeiro, no qual os golpistas estariam fazendo compras com cartão clonado, a Polícia Civil da Capital desvendou dois receptadores e apreendeu mais de R$ 50 mil em produtos sem origem comprovada.

Após meses de investigação, a operação foi deflagrada na madrugada desta quinta-feira (19). Segundo o delegado Fernando Paciello, titular da 6ª Delegacia, o inquérito policial explicava ao certo que a Polícia chegou a endereços inexistentes, porém em seguida descobriu que “encomendas” estavam sendo entregues em locais próximos.

A Polícia então fez ao juiz um pedido para comparecer em quatro endereços diferentes, entre eles nos bairros Tarumã e Coronel Antonino. Com a autorização judicial da busca e apreensão, homens da 4ª, 5ª e 6ª Delegacia, além de um policial perito em informática, da Deco (Delegacia Especializada em Repressão ao Crime Organizado), compareceram aos locais.

Eles aguardaram o início da manhã para adentrar simultaneamente nas casas, segundo o delegado Paciello. “Com relação a nossa investigação inicial, de empresas que foram vítimas no Rio de Janeiro e no interior do Paraná, não encontramos nenhum produto. Porém, os envolvidos estavam com diversas outras encomendas ilícitas”, conta o delegado Paciello.

Dos presos, sendo um homem de 34 anos, morador do Jardim Tarumã e outro, de 19 anos, morador do Coronel Antonino, apenas o último confessou o crime. O jovem contou inúmeras versões, conforme o delegado, porém os mais relevantes foram de que ele conheceu uma pessoa na internet, morador do Piauí e que com ele descobria “dados frios” para fazer compras na internet.

Já o outro informou que fazia as compras com o cartão próprio e que inclusive pagava as faturas. Em sua casa também foi flagrada uma arma e ele também será indiciado pelo porte ilegal de arma de fogo.

“Nós convidamos a Receita Federal para comparecer a delegacia e eles comprovaram a fraude contra o Fisco, que seria a cobrança da dívida da lei de responsabilidade fiscal. Dessa maneira, os envolvidos responderão por receptação qualificada pela venda domiciliar, com a pena que pode ser agravada para até oito anos de reclusão”, finaliza o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 94 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal