Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

21/09/2013 - G1 / TV Acre Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acre é o 2º estado com menos falsificação de cédulas, diz BC

Por: Júnia Vasconcelos

De janeiro a agosto deste ano,139 notas adulteradas foram recolhidas. Perito criminal afirma que a nota de 100 reais é a mais falsificada.

Dados divulgados pelo Banco Central revelam que o Acre é o segundo estado do país com o menor índice de falsificação de notas, perdendo apenas para o estado de Roraima. De janeiro a agosto deste ano, foram recolhidas em todo o estado apenas 139 notas adulteradas.

De acordo com o delegado Fábio de Paula, em média, são apreendidas seis notas falsas por mês na capital, porém, existem períodos em que elas aparecem com mais frequência.

"A gente nota um aparecimento maior de cédulas falsas em períodos próximos a grandes eventos aqui no estado, como Carnaval, feira agropecuária, festas que são realizadas nos municípios e que têm aglomeração de pessoas, onde a facilidade de introduzir esta cédula em circulação é maior", afirma.

Entre uma venda e outra, a comerciante Alcione Verlúcia já recebeu duas cédulas falsas, uma de 10 e outra de 50 reais. O problema só foi percebido no final do expediente.

"Fui contar, conferir o dinheiro, fechar o caixa. Quando peguei a nota, percebi que ela era diferente. Agora eu olho na frente do cliente, eles as vezes ficam chateados, mas tem que verificar", diz.

Verlúcia Farias é caixa em um açougue e afirma que reconhece uma nota falsa logo no primeiro contato. Trabalhando com dinheiro a todo momento, ela explica como é capaz de identificar uma cédula falsa de uma verdadeira. "O relevo na nota, principalmente nas novas e a cor delas, são sempre mais vivas que as falsas", afirma.

Verlúcia também faz o uso de uma caneta própria para testar as notas. "A gente risca e não fica nenhuma cor. Já no papel comum ela fica preta", explica.

Segundo o perito criminal Ronaldo Carneiro, a nota de 100 reais é a mais falsificada, seguida das notas de 50 e 20 reais. Com uma nota falsa, ele explica que detalhes fazem a diferença no momento de identificar a autenticidade de uma cédula.

"Nessa nota temos uma simulação que uma luz, colocada de baixo para cima, podemos verificar a marca da água. Normalmente ela é feita dentro do papel, mas na falsificada ela foi feita em cima de papel. É uma estampa parecida com o do papel que quando coloca contra luz mostra uma simulação de marca d'água", explica.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 107 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal