Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

19/09/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpista que se fingia de coronel da Polícia Militar é preso no Rio

Homem dizia ter curso preparatório para concurso de ingresso na PM. Alunos matriculados teriam privilégios que facilitavam acesso à instituição.

Na tarde desta quinta-feira (19) Ivan Hurtado da Costa, de 46 anos, foi preso no Rio, por se fingir de coronel da Polícia Militar. Ele dizia ter um curso preparatório para o concurso da PM e prometia aos interessados informações privilegiadas para facilitar o acesso, uma vez que fazia parte da instituição. Seu golpe se difundia principalmente pela internet, inclusive por redes sociais, como disse a assessoria de comunicação da Unidade de Polícia Pacificadora. Entre outras estratégias, teria sido a partir de um monitoramento de rede que a Polícia Civil encontrou o endereço de seu escritório.

De acordo com a assessoria da UPP, os policiais da unidade de São João, no Engenho Novo, Subúrbio do Rio, receberam informações da 25ª DP (Engenho Novo) sobre o criminoso, que estaria na Rua Barão do Bom Retiro, onde era seu “escritório”.

No momento da abordagem, Ivan tentou se apresentar aos agentes como coronel, ainda segundo a assessoria. Ele foi encaminhado à 24ª DP (Piedade) e prestava depoimento por volta das 17h desta quinta-feira (19). Na delegacia foram constatadas outras duas passagens, também pelo crime de estelionato.

A busca pelo criminoso começou a partir de denúncias recebidas pela Polícia Civil. Uma delas chegou online, com a criação de um blog. Na publicação, o autor, que foi uma das pessoas que quase caiu no golpe, divulgou a identidade do criminoso, assim como seu e-mail, o banco, e o número da agência e conta utilizadas por ele para receber os depósitos das matrículas dos alunos.

A postagem, que mostra a indignação da vítima, é de 21 de novembro de 2012 e revela que o crime é praticado há, no mínimo, aproximadamente dez meses.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 122 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal