Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

18/07/2013 - Terra Quente Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

O que é a corrupção?

Por: Cátia Barreira


Quando se fala em corrupção deduz-se que é uma mega-fraude, aparece em manchetes de jornais e aí é lhe atribuído um forte significado, mas a realidade é que corrupção é o acto de corromper oferecendo algo para obter vantagem em negociata onde favorece uma pessoa e prejudica outra. Sendo assim, a maior parte das pessoas já foi corrupta pelo menos uma vez na vida.

Mas a verdade é que todos nós criticamos a corrupção, todos afirmamos que está errada e que deveria ser combatida, todos apontamos o dedo aos nossos políticos ou a quem ocupa cargos públicos, dizendo que ELES são corruptos. E não fazemos nada para a combater e erradicar porque um filho, um primo ou um sobrinho é beneficiado se ela existir.

Aliás, há mesmo estudos que comprovam que as pessoas são capazes de agir de forma desonesta o suficiente para beneficiarem disso, mas que o fazem até um determinado limite, de modo a preservar a noção de se sentirem pessoas honestas.

A operação “Carta-branca” que resultou na detenção de 24 suspeitos de corrupção na atribuição de cartas de condução, dos quais, quatro eram examinadores do Centro de Exames de Mirandela e um responsável por uma das escolas mais antigas desta cidade, é realmente a prova que as leis estão feitas para os corruptos.

Quem nunca presenciou uma cena suspeita enquanto tirou a carta? Quando se dá a possibilidade a privados de atribuírem títulos como a carta de condução sem uma fiscalização apertada é no que dá. Não querendo com isto dizer que se fosse pública isto não aconteceria, pois, por vezes, acontecem coisas bem piores mesmo debaixo do nosso nariz. Mas sem medidas de controlo a corrupção torna-se muito mais acessível a qualquer “um”, e nem precisa de possuir grande inteligência nem de ter grande influência na sociedade, para a praticar.

Resumindo, esta situação resulta da expressão antiga e que os portugueses adoptaram de “salve-se quem puder” porque este é, também, o exemplo que os nossos governantes, dirigentes associativos, etc, nos dão, gerindo em seu próprio benefício aquilo que é de todos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 106 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal