Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/11/2007 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes chegam a 5% no CE

Por: Sérgio de Sousa


Realizar compras pela internet representa facilidade e comodidade, sim, mas também pode gerar muita dor de cabeça para quem não toma os cuidados necessários ao optar por este tipo de transação. Hoje, cerca de 5% das compras feitas no Estado do Ceará através da rede mundial de computadores, o chamado e-commerce, acabam não se efetivando. A espera torna-se grande e o produto nem sempre chega à residência do comprador, que descobre que, de fato, pagou o valor devido a um fraudador.

Pesquisa recentemente divulgada pelo site Reclame Aqui — apontado como o maior ponto de encontro de consumidores insatisfeitos do País — estima que, ao longo deste ano, os consumidores brasileiros tenham tido prejuízos em torno de R$ 300 milhões em compras feitas em sites fraudulentos na internet. São verdadeiras quadrilhas que criam falsas empresas virtuais, fazem vendas por algumas semanas sem entregar o produto e, ao final, fecham o estabelecimento, criando um outro logo em seguida.

Uma das vítimas destes falsos vendedores foi o representante comercial Ney do Vale, que mora em Fortaleza. Há pouco mais de dois mês, ele viu, através de uma empresa que encontrou em um site de busca na Internet, uma câmera digital a um preço bem mais acessível que nas lojas da cidade. ´A empresa mostrava um certificado de idoneidade e o site era muito bem elaborado, coisa de empresa mesmo. Daí, eu confiei´, diz. Então, fez a compra: tirou o boleto bancário pela internet e efetuou o pagamento. Entretanto, até então, ele ainda não havia recebido o produto. ´Eles me deram um prazo de três dias, já que eu paguei o frete por Sedex´, diz.

Depois, Ney descobriu que a empresa só tinha um mês de existência e que já não possuía mais endereço eletrônico. O prejuízo dele, que pagou por uma câmera da marca Canon modelo A460, foi de R$ 316,70. ´Mas o prejuízo foi bem maior, principalmente em São Paulo, onde vi, no mínimo, 30 pessoas que tinham sido enganadas´, aponta. Ele, que já havia feito outras três compras pela rede, admite que não teve o cuidado necessário, mas adianta que não compra mais pelo meio virtual. ´Já fui até a uma loja e comprei outra câmera digital´, informa o consumidor.

Nas inúmeras lojas que realizam vendas pela Internet, os produtos oferecidos são os mais variados possíveis, indo de roupas, perfumes, livros, passagens aéreas a produtos eletrônicos. Mas são estes últimos, hoje, os principais envolvidos em fraudes no e-commerce. De acordo com o Reclame Aqui, 92% das compras não efetivadas são de produtos eletrônicos e de informática. Entre os campeões de encomendas não entregues estão as câmeras digitais, notebooks, computadores e acessórios de informática em geral.

Independente do produto, as principais causas do grande número de pessoas lesadas no comércio eletrônico são, segundo o diretor do Reclama Aqui, o excesso de confiança do consumidor e a tentação de comprar por preços bem abaixo dos oferecidos pelo mercado. ´Como as quadrilhas não têm muito tempo até serem descobertas, elas precisam trabalhar com preços tentadores, atraindo o máximo de público. Com isso, o consumidor acaba esquecendo de checar´, conta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 361 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal