Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/11/2007 - rondoniaovivo.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Amazonas - Homem é preso por tentativa de suborno em Manaus


O delegado do 3º Distrito Policial (3º DP), Sinval Barroso de Sousa, prendeu em flagrante, na tarde de ontem, Jhon Kesler Belfort de Almeida, 21 anos, por corrupção ativa. Sinval disse que Kesler propôs pagamento de R$ 4 mil para não ser preso.

De acordo com o delegado, o preso cumpre pena no regime semi-aberto e por isso não poderia ser preso para não ter a pena regredida ao regime fechado. Jhon também tem mandado de prisão expedido pela Justiça de Roraima. “Ele foi descarado e fez a proposta na frente de outras pessoas”, afirmou. A prisão ocorreu por volta das 16h de ontem.

Jhon foi levado à delegacia depois da ex-namorada denunciá-lo por ameaça de agressão e por ter, segundo ela, arrombado um carro e furtado uma bolsa com R$ 16 mil. O delegado Sinval disse que depois de receber a denúncia, dois investigadores foram até o local para conversar com o suspeito. Jhon Kesler desacatou os policiais e foi levado para o 3º DP. Em depoimento ao delegado, Kesler confirmou que havia arrombado um Honda Civic, na terça-feira, dia 20, no conjunto Vieiralves, zona Centro-Sul, e furtado a sacola com R$ 16 mil.

Um amigo de Kesler, Édson Dias Barros, 26, foi até a delegacia levando R$ 3,8 mil para pagar ao delegado. Ambos foram presos quando Édson foi identificado pelo comparsa, que anunciou que o amigo estava com o dinheiro. O crime é previsto no artigo 333 do Código Penal Brasileiro (CPB). A pena é de dois a 12 anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 439 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal