Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/08/2013 - Paraíba Total Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Energisa inicia operação de combate as ligações clandestinas de energia em Sousa

Em um ano foram desviados em Sousa cerca de 15 GWh de energia, o que abasteceria a cidade por 45 dias.

O Departamento de Medição e Combate a Perdas (DMCP) da Energisa iniciou esta semana, uma ação de combate às ligações clandestinas de energia no município de Sousa, no interior do Estado. A escolha do município foi baseada em dados técnicos levantados pelo Centro de Inteligência de Combate a Perdas da concessionária que apontam elevado índice de desvio de energia na região.

A operação, que tem a participação de 25 equipes do DMCP acompanhadas da polícia e da perícia, vai verificar suspeita de fraude em cerca de cinco mil unidades consumidoras.

A intenção é acabar com os desvios que, além dos prejuízos financeiros, podem causar graves acidentes. O furto de energia elétrica representa risco de morte, tanto para os que interferem no sistema elétrico à revelia da distribuidora de energia, quanto para os usuários (consumidores) das unidades nas quais se identifica o furto. As ligações irregulares também provocam queda na qualidade do fornecimento de energia elétrica, já que sobrecarregam o sistema elétrico.

Além da cobrança dos valores desviados, os responsáveis pela fraude respondem a processo por crime contra o patrimônio e podem pegar até oito anos de prisão.

Nos últimos doze meses, a Energisa calcula que foram desviados em Sousa cerca de 15 GWh de energia, o que daria para a alimentar a própria cidade de Sousa por um mês e meio.

Em todo o Estado da Paraíba a perda acumulada nos últimos doze meses é de 104GhW de energia, o que reflete numa perda de arrecadação anual por parte do Estado (ICMS) de R$ 8 milhões.

Balanço do primeiro dia

Apenas na última quinta-feira (15), primeiro dia da operação, que vai durar três meses, foram inspecionadas 83 unidades consumidoras, constatando 42 fraudes. Foram instaurados oito inquéritos criminais, sendo que seis pessoas responsáveis pelas unidades consumidoras foram conduzidas à Delegacia e autuadas em flagrante.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 63 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal