Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

11/09/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende servidor do Procon-DF suspeito de dar golpes em usuários

Ele tirava cópia de cartão de crédito de clientes para fazer compras. Homem foi preso em flagrante no momento em que recebia mercadoria.

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu nesta terça-feira (10) um servidor do Procon suspeito de usar cartões de crédito de usuários do serviço para fazer compras pela internet. Segundo a polícia, ele tirava cópias do cartão no momento do atendimento.

De acordo com o delegado da 4ª DP, Rodrigo Larizatti, o homem foi preso em flagrante depois que uma aposentada recebeu uma mensagem via SMS da operadora do cartão de crédito avisando sobre uma compra online feita em um loja de suplementos alimentares.

Ela havia ido a uma unidade do Procon, no Guará, no mesmo dia, para um atendimento. Lá, o suspeito havia feito cópias de documentos pessoais dela, inclusive do cartão de crédito. A mulher entrou em contato com o dono da loja, que foi até a delegacia com a vítima e com o produto a ser entregue na residência do suspeito.

"A vítima esteve aqui, junto com o responsável pela entrega do suplemento, que estava com o produto para ser entregue", disse o delegado. "Fizemos a entrega. Ele comprou um suplemento alimentar e levou um par de algemas."

Larizatti informou que a polícia já investigava o suspeito por outra ocorrência registrada em junho, quando o suspeito teria usado o cartão de um usuário para comprar um aparelho celular no valor de R$ 2,7 mil pela internet.

“Foi o mesmo modus operandi. O usuário era atendido pelo suspeito, que fez a mesma coisa: pegou documentos, tirou cópia do cartão de crédito e fez a compra pela internet”, disse Larizatti. “As compras eram sempre feitas pela internet. Ele não tinha o plástico, não tinha a senha, mas pela internet, hoje em dia, basta ter esses dados.”

O delegado afirmou que o suspeito é funcionário comissionado do Procon. “Apesar de dever, ele não tinha uma relação de maior credibilidade com o órgão. Entramos em contato com a direção do Procon, que sempre se dispôs a colaborar com tudo e indicaram que vão tomar as providências administrativas e vão pedir a exoneração dele.”

O Procon-DF informou que o servidor será imediatamente exonerado e submetido a um processo administrativo.

Larizatti informou que o suspeito não tem direito à fiança ou à liberdade provisória, a não ser por determinação de um juiz. Ele será encaminhado para o presídio da Papuda ainda nesta quarta-feira. Se for condenado, ele pode pegar até cinco anos de prisão por estelionato.

“Informalmente, ele já teria praticado isso outras cinco vezes. Precisamos identificar eventuais vítimas para virem à delegacia para fazer o reconhecimento para tomar as providências de procedimento para encaminhar à polícia”, disse.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 349 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal