Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

12/09/2013 - O Mirante Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Águas do Ribatejo alerta para burlas de falsos colaboradores da empresa


A Águas do Ribatejo alerta para a possibilidade de burlas por pessoas que se fazem passar por colaboradores da empresa intermunicipal. Vários clientes têm sido abordados por indivíduos que dizem fazer testes à qualidade da água e acabam por recolher informações pessoais e dados sobre hábitos de vida dos clientes. A empresa garante que não tem ninguém a fazer este tipo de trabalho. Algumas situações já foram comunicadas à GNR.

Os primeiros contactos são feitos por telefone, sendo proposta uma visita ao domicílio dos consumidores para fazer a recolha de amostras de água, refere a empresa em comunicado. Que diz ainda pelas informações de alguns clientes abordados que os “indivíduos mostram possuir conhecimentos sobre a empresa e o seu modo de funcionamento e alegam a existência de problemas na qualidade da água para justificar a visita e a recolha de amostras”.

A Águas do Ribatejo refere ainda que em algumas situações os alegados burlões aparecem de surpresa junto das residências, alegando ser funcionários da empresa, e “realizam um inquérito às pessoas, onde colocaram questões sobre a sua identificação, tipo de agregado familiar, rendimentos, hábitos de vida, etc”. A empresa de capitais públicos sublinha que não autorizou nenhuma empresa ou entidade a fazer qualquer tipo de inquérito aos seus clientes, nem visitas aos seus domicílios. Realçando que todos os seus colaboradores estão obrigados a identificarem-se perante os clientes ou quem solicite a sua identificação dentro dos princípios legais.

Se for abordado por pessoas que dizem estar a fazer testes de qualidade da água ou inquéritos deve contactar as autoridades policiais e a empresa. Se já foi abordado e facultou dados pessoais ou cópias de documentos deve participar a situação às autoridades policiais “para prevenir eventual uso abusivo da informação recolhida”, solicita a Águas do Ribatejo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 140 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal