Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

11/09/2013 - O Documento Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cúpula da Seduc do Estado é denunciada ao MPE por fraudes em licitações

Por: Gilson Nasser


O deputado estadual Dilmar Dal Basco (DEM) anunciou nesta quarta-feira que irá encaminhar denúncia ao Ministério Público Estadual contra o secretário-adjunto de Educação, Antônio Carlos Ióris, responsável pela gerência administrativa e financeira da pasta. De acordo com o parlamentar, Ióris exerce tráfico de influência com fraudes em licitações públicas na Seduc.

Segundo o democrata, a empresa Poli Engenharia e Comércio Ltda, de propriedade Luiz Carlos Ióris, faturou R$ 19,257 milhões em seis anos somente na Secretaria de Educação. Luiz Carlos Ióris é irmão do secretário-adjunto da Seduc.

"É surpreendente a empresa do irmão do secretário abocanhar milhões na Secretaria de Educação. Vou ao Ministério Público buscar providências para suspender estas licitações e devolver os recursos ao Estado", assinalou.

Dal Bosco citou que o caso chega a ser mais grave que a licitação para compra de refeições sofisticadas. O pregão, de R$ 7,7 milhões, foi cancelado após denúncias da imprensa e investigações iniciadas pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

As denúncias contra a Poli Engenharia podem respingar diretamente no Secretário de Educação, Ságuas Moraes (PT). A empresa tem sede na cidade de Juína, base eleitoral do secretário e a família Ióris tem ligações estreitas com Ságuas.

CPI das Empreiteiras

Autor do requerimento da CPI das Empreiteiras, Dilmar vem dialogando com deputados do PSD e PR para garantir a última assinatura necessária para a criação da CPI. "Estamos buscando a oitava assinatura para formar a CPI e esclarecer porque as mesmas empresas ganham as licitações para executar as obras de manutenção das rodovias estaduais", afirmou.

Segundo Dal Bosco, essa situação só ocorreu porque o Governo retirou dos consórcios intermunicipais o direito de manutenção das rodovias. "Tiraram um sistema eficiente para beneficiar poucos empresários".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 275 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal