Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

10/09/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-candidato a vereador é detido por estelionato e foge de delegacia na BA

Homem usou carro comprado em nome de outra pessoa para fuga. Situação ocorreu sábado e ele foi preso novamente na segunda-feira.

A polícia de Malhada, na Bahia, prendeu na segunda-feira (9) um ex-candidato a vereador do município que fugiu após ser preso no sábado (7) sob suspeita de estelionato. De acordo com a polícia local, o homem foi detido após a denúncia de uma servidora pública de Carinhanha, cidade vizinha a Malhada, que informou que seu nome foi usado para a compra de um veículo.

O suspeito foi abordado e conduzido com o carro para a delegacia da cidade, segundo a polícia. "A polícia abordou o carro e conduziu para a delegacia, mas outra situação estava sendo atendida, a de um indivíduo suspeito de estupro. A equipe deu um vacilo e ele pegou a chave do carro e fugiu", conta um policial, que prefere não se identificar.

O homem foi encontrado segunda-feira, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, onde foi detido. A vítima do estelionato, Marta Almeida, conta que descobriu o crime ao receber o boleto para pagamento da fatura do carro.

"Fui procurada pela [instituição] financeira e descobri que tinha sido ele. Lembro que tirei cópias dos meus documentos e o envelope onde eles estavam sumiu na minha sala de trabalho, na prefeitura", conta Marta.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Malhada, Zé Cartor, conta que coordendou a campanha eleitoral da qual o suspeito de estelionato foi candidato a vereador. "Ele criou o PSL [Partido Social Liberal], pegou a presidência aqui na cidade e enganou várias pessoas. Depois se desvinculou da prefeitura e ficou procurando emprego. Quando apareceu aqui com uma L200 todos desconfiaram, não tinha condição de ter um carro daquele", diz Zé Cartor.

Procurada pelo G1, a representação do PSL na Bahia confirmou o envolvimento do suspeito com o partido, mas informou que o vínculo foi encerrado em dezembro de 2012.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 95 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal