Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

07/09/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem que se passava por policial federal é preso em Ivinhema

De acordo com a polícia, suspeito frequentava alta sociedade de Ivinhema. Ele foi autuado por uso de documento falso e dois inquéritos foram abertos.

Um rapaz de 25 anos, que se passava por policial federal, foi preso na sexta-feira (5) por uso de documento falso, porte ilegal de arma e posse ilegal de munição em Ivinhema, a 297 km de Campo Grande. Segundo o delegado responsável pela investigação, Ricardo Cavagna, o jovem se apresentava para a população como servidor público e frequentava a alta sociedade do município.

De acordo com Cavagna, um mandado de busca e apreensão foi expedido contra o suspeito depois que ele abriu uma conta, em agosto de 2013, usando documentos em nome de uma outra pessoa.

Segundo a polícia, o dono dos documentos registrou um boletim de ocorrência, pois ao consultar o Cadastro de Pessoas Física (CPF), descobriu a conta corrente aberta com nome dele, que é de Curitiba e nunca esteve na cidade de Ivinhema e nem no estado de Mato Grosso do Sul.

Depois do boletim de ocorrência, a polícia começou a monitorar o suspeito, e na sexta-feira, ele foi abordado quando entrava em uma agência bancária. O delegado pediu que ele apresentasse a carteira funcional de policial e o suspeito disse que não era da polícia e apresentou uma carteira nacional de habilitação (CNH) em nome da pessoa que havia feito a denúncia.

Cavagna deu voz de prisão ao homem por uso de documento falso e com o suspeito foram encontrados um revólver calibre 238 e munições. Na casa dele foram encontradas mais 11 munições intactas. O carro usado pelo homem estava com o chassi adulterado e foi constatado que o veículo era roubado.

Ainda de acordo com o delegado, não foram encontrados documentos falsos da Polícia Federal. “Ele dizia para as pessoas que era policial e elas acreditavam”, disse.

O delegado disse que o suspeito possui passagens pelos crimes de roubo de carga de um caminhão uso de documentos falsos e ameaça. Ele foi preso em flagrante e teve a prisão preventiva decretada. Outros dois inquéritos foram abertos para apurar os crimes de roubo e falsidade ideológica.

Segundo Cavagna, o suspeito optou por permanecer em silêncio após a prisão. O delegado acredita que os documentos que ele usava possam ter sido comprados no Paraguai, já que ele possuía toda a documentação, além de uma cópia da declaração de imposto de renda em nome da vítima que registrou o boletim de ocorrência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 153 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal