Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

04/05/2006 - Jornal da Paraíba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PC investiga golpe no valor de R$ 800 mil

Por: Fernando Ivo e Clóvis Gaião


O designer gráfico Ronielle Pessoa da Silva Santiago, 20 anos, foi preso pelo Serviço de Inteligência da 3ª Companhia de Polícia, acusado de falsificação de documentos públicos e estelionato para a compra de veículos financiados em concessionárias da Grande João Pessoa. O acusado confessou que falsificava os documentos a pedido de Sílvio Carlos Soares, 30 anos, que comandaria os trabalhos da suposta quadrilha.

A polícia acredita que mais de 40 carros teriam sido adquiridos desta forma, o que teria causado um prejuízo de cerca de R$ 800 mil para as financeiras. Na manhã de ontem, o corretor de automóveis Sílvio Carlos, acompanhado do seu advogado, prestou depoimento à delegada Maria da Paz Deiby, responsável pela 5ª Delegacia Distrital, onde foi aberto inquérito. A delegada disse que o acusado negou a acusação e realizou as transações de forma legal. O corretor foi liberado e responderá processo em liberdade.

A quadrilha vinha sendo investigada há dois meses pelo Serviço de Inteligência da polícia que, por meio de informantes, recebeu denúncias de que pessoas estariam adquirindo veículos novos por meio de financiamento, com documentos falsos. A fraude era possível devido à criação de documentos de residências, falsificação de cheques do Banco Real e contra-cheques de empresas, inclusive de prefeituras. Os documentos eram usados para dar entrada no financiamento nas concessionárias. Em menos de 24 horas, o crédito era aprovado e os carros entregues em três dias.

“É estranho o fato dos veículos serem liberados em um período curto de tempo. A suspeita é que exista todo um esquema de falsificação e facilitação para a fraude que envolve, inclusive, funcionários das concessionárias”, afirmou o tenente Antônio de Sousa Santos Filho, do Serviço de Inteligência da 3ª Cia. Ele disse que o foco da fraude são os carros da marca Fiat Uno, ano 2005/2006.

O tenente Antônio de Sousa afirmou que há casos de pessoas desempregadas com contracheques no valor de R$ 1.800. Ele afirmou que será feito um levantamento dos veículos adquiridos por meio da fraude junto às concessionárias e os envolvidos terão seus nomes identificados. O tenente espera que novas prisões sejam feitas nos próximos dias. Ele afirmou que os proprietários localizados serão processados e enquadrados pelo crime de falsificação de documentos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 567 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal