Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

04/09/2013 - G1 / TV Gazeta Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Procon apreende ingressos de show sob suspeita de fraude em Maceió

Anunciado como local do evento, Sesi diz que não foi contratado. Por uso indevido da marca, Procon foi acionado e deve multar organização.

Fiscais do Procon apreenderam, nesta quarta-feira (4), em Maceió, ingressos de um show gospel sob suspeita de propaganda enganosa. A denúncia é que o local divulgado para o evento não havia sido contratado.

Com uma câmera escondida, a equipe de reportagem da TV Gazeta comprou um ingresso do show em comemoração ao primeiro aniversário do Instituto Pedro Neto. O bilhete, vendido a R$ 15, é para o evento Louvor e Adoração, da cantora gospel Rose Nascimento.

Os ingressos são vendidos para o show marcado para o próximo sábado, feriado de 7 de setembro, no Ginásio do Sesi, Os administradores do local, entretanto, não confirmam o evento, já que nenhum contato foi fechado com a produção.

Ao tomar conhecimento da divulgação do evento nas redes sociais e em cartazes espalhados pela cidade, a assessoria do Sesi resolveu alertar sobre o fato. Segundo a assessoria, o instituto chegou a entrar em contato para a utilização e visitar o espaço, mas o procedimento não chegou a ser fechado.

Por causa do uso indevido da marca, o Procon foi acionado e, nesta quarta, os fiscais visitaram um dos locais de venda, no Shopping Popular, no Centro, e recolheram 360 ingressos. Foi preenchido ainda um auto de infração, que foi assinado posteriormente pelo vendedor.

“Isso caracteriza uma publicidade enganosa, de acordo com o artigo 37 parágrafo 1º do Código de Defesa do Consumidor e uma má prestação de serviço. A organização do evento receberá uma multa, que pode variar de R$ 400 a R$ 6 milhões”, explica o fiscal Salustiano Tenório

A equipe de reportagem foi até a sede do organizador do evento, o Instituto Pedro Neto, localizado na rua Cabo Reis, numero 187, no bairro do Prado, mas o local estava fechado.

Por telefone, o filho e produtor da cantora gospel, Max Nascimento, confirmou que Rose Nascimento tem um show agendado em Maceió. Segundo a assessoria do Sesi, deve ter ocorrido uma falha de organização dos promotores do show pela falta de experiência de quem nunca fez um evento com essa dimensão.

O responsável pelo evento, Pedro Neto, informou que um político é quem estava a frente da negociação, mas que assim que tiver um posicionamento, as informações sobre o local do show serão divulgadas em rádios e TV.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 154 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal