Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

31/08/2013 - D24am Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Manaus registrou cinco prisões por dia sobre casos de estelionato neste ano

Por: Clarice Manhã

No total, foram 1.033 golpistas presos por vender propriedades de terceiros, fraudes no pagamento com cheques e recebimento de indenização ou valor de seguro.

Manaus - No primeiro semestre deste ano, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) registrou cinco prisões por crime de estelionato diariamente. No total, foram 1.033 golpistas presos por vender propriedades de terceiros, fraudes no pagamento com cheques e recebimento de indenização ou valor de seguro.

O delegado de Roubos e Furtos, Orlando Amaral, informou que o golpe mais frequente em Manaus está fora desta estatística da SSP - são os casos onde a vítima recebe um telefonema ou mensagem solicitando um depósito bancário ou compra de créditos pré-pago para telefone celular em troca de prêmios ou apólices de seguros.

“Temos ocorrências onde as pessoas depositam de R$ 3 mil a R$ 15 mil e só descobrem pouco tempo depois que foram enganadas”, disse.

Orlando Amaral explica que neste tipo de golpe dificilmente o estelionatário é preso, porque na maioria dos casos as ligações são feitas em outros Estados ou dentro das penitenciárias, a partir de chips de celular comprados com documentos falsos.

“As contas que recebem o dinheiro também são abertas com documentos adulterados, é quase impossível rastrear”.

Dentre os golpistas presos na cidade, o delegado destaca como mais comuns os que vendem terrenos alheios, apresentando uma escritura falsa e são descobertos quando o verdadeiro dono da propriedade aparece com a documentação válida.

“É fundamental checar a situação do imóvel ou terreno no cartório de imóveis antes de fechar o negócio”, orienta o delegado. O golpe é mais comum nas zonas leste e norte.

Apesar de divulgar orientações para prevenir contra o famoso ‘golpe da Baluda’, o delegado afirma que este ainda é um golpe comum na cidade. Ele explica que geralmente acontece nas saídas de banco, quando o golpista oferece algum favor ou ajuda para a vítima e furta o valor recém-sacado da agência discretamente. “O ideal é evitar ajuda ou negócios com pessoas entranhas nas proximadades do banco”, alerta Orlando Amaral.

Casos recentes

Após dois meses de investigações, policiais civis do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prenderam Francisco Eudes Bezerra do Vale, 53, suspeito de cometer diversos crimes de estelionato em Manaus.

Segundo o delegado Ivo Martins, o suspeito abordava as vítimas se passando por despachante do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran/AM) e oferecia vagas falsas de emprego. Ele recrutava as pessoas com a promessa de salário de R$ 1,8 mil.

Caso o candidato não tivesse documentos como carteira de habilitação e registro de marítimo, Francisco cobrava uma taxa de R$ 100. “Com esse valor, ele dizia que iria acelerar a documentação junto aos órgãos públicos e sumia com o dinheiro”, contou.

O suspeito foi autuado por estelionato e encaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 184 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal