Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

01/09/2013 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Civil apreende mais produtos falsos no Centro


Graças a uma denúncia da anônima da população, policiais civis, lotados na Assessoria Técnica da Delegacia Geral, apreenderam várias peças de roupas falsificadas. A mercadoria estava no expositor de uma loja localizada na esquina das ruas Guilherme Rocha e Barão do Rio Branco, no Centro de Fortaleza.

A operação policial, comandada pelo delegado Valdir Passos Filho, foi acompanhada pelo advogado da Associação de Proteção de Marcas e Patentes, Nasareno Saraiva. Ele contou que um cliente, acostumado a comprar os produtos da marca, estranhou o fato de a costura estar soltando, sem contar que o tecido era muito áspero.

O consumidor entrou em contato com o fabricante e foi à fábrica com o produto. Em seguida, após constatada a falsificação, a Polícia Civil foi acionada. O gerente da loja contou à Polícia que era ponta de estoque e que não sabia se tratar de produto pirata.

Abaixo

Outro fator que chamou atenção foi o preço. A bermuda, por exemplo, estava em oferta. Cada unidade custa R$ 39,90. O preço, muito abaixo do valor de mercado, também chamou a tenção do cliente.

Os policiais civis examinaram todos os produtos expostos à venda e também que estavam guardados no setor de estoque. Nasareno Saraiva frisou que a Polícia Civil cearense está dando apoio à entidade, criada a partir do momento em que a pirataria no Brasil virou "epidemia".

Numa operação realizada na semana passada, a Polícia do Ceará acabou por descobrir que uma grande remessa de roupas falsificadas havia sido levada para o comércio de Manaus. As peças fabricadas neste Estado foram colocadas à venda em pleno Centro da Capital do Amazonas e era vendida como se fosse produto autêntico.

Pelo menos, duas pessoas acusadas de envolvimento no esquema criminoso de ´pirataria´ de roupas de marcas acabaram sendo presas na operação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 104 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal