Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/11/2007 - UOL Notícias / Reuters Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe da "formiga afrodisíaca" lesa milhares na China


PEQUIM (Reuters) - Milhares de pessoas cercaram na quarta-feira prédios públicos de uma cidade no nordeste da China para pedir ajuda das autoridades depois de serem lesadas num esquema de criação de formigas para a produção de um tônico afrodisíaco. A situação foi controlada em seguida.

A fraude lesou milhares de investidores da província industrial de Liaoning, que se mobilizaram para mostrar sua indignação em torno de prédios públicos de Shenyang, a capital regional.

"O governo provincial dedicou grande atenção a esta situação", disse à Reuters Zhang Yunqiang, diretor de propaganda do governo regional. "O cerco ao gabinete foi gradualmente atenuado."

Os investidores - muitos deles ex-funcionários de fazendas, vítimas de cortes de pessoal - colocaram suas economias no Grupo Yilishen, de Shenyang, que dizia criar formigas para extrair ingredientes para um composto afrodisíaco.

Para cada 10 mil yuans (1.350 dólares) pagos à empresa como "depósito", a companhia prometia um dividendo de 3.250 yuans.

Mas desde outubro a empresa atrasou duas vezes o pagamento de tais dividendos, alimentando temores dos investidores de que o Yilishen esteja quase falido ou que o governo tenha congelado seu patrimônio.

A empresa não foi localizada para comentar.

A imprensa diz que o esquema recolheu mais de 10 bilhões de yuans de centenas de milhares de moradores de Liaoning. Algumas reportagens dizem que as formigas eram um mero pretexto para um golpe.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 197 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal