Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/08/2013 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Correntistas do Banco do Brasil são vítimas de estelionatários

Por: Adriane Mendes


Três correntistas do Banco do Brasil tiveram problemas ao utilizarem os caixas eletrônicos nos últimos dias, sendo que dois deles verificaram saques indevidos. Os registros de estelionato ocorreram nas agências da avenida General Carneiro, no Cerrado, e na rua Hermelino Matarazzo, no Além-Linha.

No último dia 18 a técnica de enfermagem teve seu cartão "engolido" por um dos caixas eletrônicos da agência da rua Hermelino Matarazzo. Diante disso pegou o telefone que havia ao lado e informou o ocorrido para um atendente, que a orientou de que não precisava dizer sua senha, visto que o cartão seria bloqueado, e que deveria aguardar dois dias até solicitar um novo cartão. Porém, ontem, ao retirar seu extrato, se surpreendeu com o saque no valor de R$ 1.658,40, e ao se informar com uma funcionária da referida agência, teve como resposta que o cartão, provavelmente, teria sido clonado, se referindo ao tal "chupa-cabra".

Uma aposentada de 66 anos também foi vítima de estelionato nessa mesma agência do Banco do Brasil, no último sábado. Seu marido foi retirar um extrato e o cartão ficou preso na máquina, e ele também se utilizou do telefone existente na agência para relatar o ocorrido. Atendido por um funcionário que se identificou como Fernando Oliveira, o marido da aposentada lhe passou todos os dados referentes à conta, inclusive a senha, recebendo posteriormente um número de protocolo. O homem deixou a agência com o cartão retido, e ontem a aposentada verificou um saque de R$ 720,00 realizado no sábado. Ela também se informou com um funcionário, e foi orientada a fazer boletim de ocorrência para que o banco possa iniciar o processo de ressarcimento.

Um engenheiro de 69 anos de idade também passou pela experiência de ter o cartão retido por um caixa eletrônico do Banco do Brasil na avenida General Carneiro, mas achou estranho e ao tentar recuperar o cartão, acabou retirando o dispositivo conhecido como "chupa-cabra".

Isso aconteceu por volta das 10h30 de domingo, e segundo o correntista, naquele momento havia no banco um homem branco, de estatura alta e porte médio que lhe falou para tentar outro caixa eletrônico, o que não foi feito pelo engenheiro. Entretanto, ainda enquanto o engenheiro tentava pegar o cartão de volta, o tal homem simplesmente desapareceu.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 159 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal