Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/11/2007 - Jornal da Cidade de Bauru Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários fazem três vítimas

Por: Lígia Ligabue


O dia de ontem foi produtivo para os estelionatários da cidade. Uma idosa caiu no golpe do bilhete e perdeu R$ 800,00. Pouco depois, uma mulher foi vítima do golpe do pacote e acabou sem R$ 5 mil. Informações ainda dão conta que uma moradora do Jardim Panorama também caiu no golpe do bilhete na manhã de ontem. Até o fechamento da edição, ela não tinha registrado boletim de ocorrência. Especula-se que a vítima tenha perdido R$ 100 mil.

No final do ano, a ocorrência de golpes tende a crescer. O aumento de pessoas circulando pela região central da cidade e o pagamento do 13.º salário atraem um grande número de golpistas. Segundo o site Monitor de Fraudes (www.fraudes.org), criado para combater esses golpes, lavagem de dinheiro e corrupção, no golpe do bilhete, que teria lesado duas pessoas ontem - as vítimas típicas são pessoas idosas e ingênuas.

Ontem, por volta das 13h, Iracema Rodrigues, 75 anos, perdeu R$ 800,00 neste golpe. Por pouco, não perde mais dinheiro. Segundo informações fornecidas pela Polícia Militar (PM), a idosa tinha acabado de sacar o valor de uma agência bancária da quadra 19 da avenida Rodrigues Alves, no Higienópolis, quando foi abordada por uma mulher que dizia estar com um bilhete premiado.

Pouco depois, apareceu um rapaz que fingiu efetuar uma ligação para comprovar a validade do tal bilhete. Incentivada a “comprar” o bilhete da mulher, Rodrigues entregou o dinheiro à estelionatária e voltou para a agência para sacar mais R$ 5 mil. Quando voltava com a quantia, ela percebeu o golpe e não entregou o restante do dinheiro. A dupla fugiu num Escort prata.

Pacote

Duas horas depois, no Centro, Maria Inês Vieira Girolo, 47 anos, foi vítima do golpe do pacote. Em entrevista ao Jornal da Cidade, ela conta que tinha acabado de sacar R$ 5 mil de sua conta, quando viu uma mulher deixar cair um pacotinho. “Tinha um cartão de banco e uma nota de R$ 20,00. Fui atrás dela para devolver”, diz. Uma outra mulher apareceu e a que tinha “perdido” o pacote decidiu dar uma recompensa para as duas pela honestidade.

“Eu disse que não queria nada, mas ela insistiu”, conta a vítima. Girolo relata que ela foi conduzida pelas mulheres em direção à avenida Duque de Caxias. Antes de chegar lá, elas pararam. Foi quando a mulher agradecida orientou sua cúmplice a ir até uma loja para receber um presente. Como ela disse que o estabelecimento teria detector de metais, a cúmplice deixou a sua bolsa com a vítima, minutos depois, Girolo relata que ela apareceu com um jogo de toalhas e R$ 50,00 em dinheiro.

Então, foi a vez da vítima ir até a loja, deixando a sua bolsa com as golpistas. “Ela me falou que era só virar à esquerda e que o pai dela era dono da loja. Me deu até um bilhete para entregar a ele. Quem disse que eu achei alguma coisa?”, lamenta. Quando voltou, as duas mulheres tinham desaparecido com sua bolsa, documentos pessoais, chaves e R$ 5 mil.

Inconformada, Girolo conta que morou durante 35 anos em São Paulo e nunca passou por esse tipo de situação. Ela disse que nunca imaginou que, em Bauru, pudesse ser lesada dessa forma. “Eu sempre estou ligada em notícias sobre isso. Mas por mais que você seja esperta, um minuto que você dá bobeira e pronto. Já foi”, diz.

Abel Cortez, delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), ressalta que a equipe da unidade está investigando os casos, para encontrar o mais rápido possível esses estelionatários. “Estamos atrás, trabalhando para tirar esses criminosos de circulação”, destaca. Porém, ele orienta as pessoas a não cair na tentação do dinheiro fácil ou da recompensa. “Não se deve acreditar em milagres. Ninguém dá dinheiro fácil por aí”, diz.

Jardim Panorama

A Polícia Militar (PM) informa que por volta das 12h, uma moradora do Jardim Panorama acionou os policiais para comunicar que tinha sido vítima de um golpe. Ela teria relatado que foi abordada por um senhor que perguntou a localização de um banco. Ele teria contado que ganhou na loteria e estava indo pegar o dinheiro.

Segundo a PM, uma outra mulher teria aparecido e convencido a vítima a comprar junto com ela o bilhete do homem. A moradora foi até a sua casa pegar dois envelopes com dinheiro. Os três saíram no carro da vítima e depois retornaram à sua casa. Enquanto ela teria entrado em sua residência, deixando a dupla de golpistas em seu carro com o dinheiro, os dois fugiram em um Golf preto que estava estacionado nas proximidades.

A vítima teria informado a PM que iria registrar a ocorrência depois. Até o final da tarde, ela ainda não tinha procurado o 3.º Distrito Policial, que abrange a região de sua residência, para registrar o estelionato. Informações extra-oficiais dão conta que ela teria sido lesada em R$ 100 mil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 345 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal