Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

20/08/2013 - Jornale Curitiba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário é preso ao dar golpe na fila da Cohab

Homem fazia se passar por funcionário da companhia.

O Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce) prendeu, na manhã desta terça-feira (20), Celso Claudio Pascolati, 34 anos, acusado de estelionato. Ele vinha aplicando, desde meados do mês passado, golpes em pessoas que estavam na fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab).

Segundo o delegado Robson Cézar da Silva Barreto, para iludir as vítimas, a maioria pessoas simples, o golpista sempre se apresentava de terno, dizia ser corretor de imóveis e ainda afirmava que era próximo da diretoria da Cohab, usando o nome do secretário municipal de Habitação de Curitiba, Osmar Bertoldi, para dar mais credibilidade ao golpe.

“Ele contava para as pessoas que sonhavam com a casa própria que vários imóveis tinham sido distribuídos para políticos durante a eleição passada, e portanto fora dos critérios técnicos da Cohab, tinham sido retomados pela autarquia e estavam sendo redistribuídos”, explicou o delegado.

A Secretaria Municipal de Habitação de Curitiba colaborou desde o inicio com as investigações, inclusive fazendo levantamentos de funcionários e fornecimento de documentação. “Para “auxiliar” as pessoas, ele cobrava a quantia inicial de R$ 900 para custas de cartório e R$ 5 mil de comissão quando o contrato fosse assinado”, contou o delegado.

Até o presente, 57 vítimas que pagaram os R$ 900 foram identificadas. Várias delas também pagaram antecipadamente o valor da comissão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 344 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal