Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIFICAÇÃO DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 16/08/2018 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/08/2013 - Portal Click Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Belo é acusado de estelionato e formação de quadrilha

O cantor Belo continua calado diante das acusações de estelionato registradas em uma delegacia no Piauí.

O blog Acabou o Brasil entrou em contato com 12º Distrito Policial, na capital Teresina, que confirmou, nesta terça-feira (20), que o pagodeiro e mais sete pessoas de sua equipe estão sendo investigados também por… FORMAÇÃO DE QUADRILHA!

De acordo com a acusação, Belo e sua equipe são suspeitos de aplicar um golpe na empresa Taxi Aéreo Poty. Eles teriam fretado quatro (!) aviões de pequeno porte em Teresina para leva-los até Recife. Belo, diz a acusação, teria concordado em pagar R$ 29 mil por taxi aéreo, totalizando R$ 87 mil. Porém, alega a empresa, os cheques teriam sido sustados.

O delegado responsável pelo caso, Ademar da Silva Canabrava, não foi localizado para comentar o caso. Porém, outros colaboradores do distrito policial garantiram que a investigação está vigente.

O blog apurou que a história está em todos os telejornais locais na noite desta terça em Teresina. Procurados, três representantes do cantor sequer sabiam da acusação. A assessoria de imprensa foi informada sobre o caso por este blogueiro, Creiço Cremoso, beijos.

Belo está agora em Barretos para um show e, de acordo com assessoria, deve soltar algum comunicado sobre o caso nas próximas horas.

Por enquanto, mantém silêncio sobre as acusações.

OUTROS PROBLEMAS

No ano passado, a Polícia Federal investigou o envolvimento do cantor Belo com a máfia israelense, que importava ilegalmente carros de luxo para o Brasil. Uma empresa do grupo era usada para lavagem de dinheiro.

Em 2004, Belo foi preso a cumprir oito anos de cadeia por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de armas. Encontrado em um esconderijo. Que beleza!

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 395 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal