Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

20/08/2013 - TopNews Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende dez por fraudes e desvios na SEMA e 5 são dados como foragidos; veja a lista


A Policia Civil confirmou a prisão de dez pessoas na Operação Natureza, deflagrada nesta terça-feira, 20, para cumprimento de mandados expedidos pela Justiça contra funcionários da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), atravessadores e comerciantes. Eles são acusados de fraudes para desvios de combustíveis do Governo para fins particulares e também de esquema para burlar a fiscalização da pesca ilegal durante o período da piracema. Cinco são dados como foragidos.

Entre os que tiveram prisão decretada esta a proprietária da Peixaria Beira Rio. Contra ela, porém, foi decretada apenas cumprimento de busca, já que ela está internada com problemas de saúde. Outro preso é Luiz Claudio dos Santos Leite, o “Luiz Marreco”, proprietário da Comercial Santos Leite, preso com 250 quilos de pescado. Os dois são acusados de recebimento de pescado ilegal.

Também foram presos Odilio Jesus da Silva Vieira, “Marrom”; Marcos Vicente da Silva; Salvino Vicente de Almeida; Juadilson Campos Ortiz, o “Ferpa”; Celso Souza Pinheiro Ferreira; João Santana de Oliveira; Carlos Henrique Modesto da Silva, “Schumacher”; João de Deus Correa da Silva; e, Domingos Antônio de Oliveira, o “Capim.

Os declarados foragidos são Ismael Martins da Silva; Jackcjs de Amorim Arruda, o “Caveirão”; Celso Luiz Brito; Antonio Benedito da Silva, o “Fló” e Antonia Terezinha de Souza.

Dos servidores da Sema presos, cinco já haviam sido exonerados de seus cargos. São eles: Carlos Henrique “Schumacher”, Odílio Jesus da Silva Vieira, o “Marronm”, que saiu em março deste ano; Ismael Martins de Almeida Filho, exonerado em novembro de 2011; Marcos Vicente da Silva e Salvino Vicente de Almeida. Os outros investigados e que seguem em seus cargos são Celso Souza Pinheiro Feirrera, João de Deus Correia da Silva, João Santana de Oliveira e Juailson Campos, o “Ferpa”.

De acordo com a Policia, nas investigações iniciadas a partir de relatório da Auditoria Geral do Estado, encaminhado pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a Polícia Civil apurou que os envolvidos eram beneficiados com fraudes no abastecimento de combustível de embarcações em desuso, cujos barcos, em tese, seriam utilizados na fiscalização da pesca no período de defeso, a chamada Piracema. O combustível desviado era utilizado em benefício dos próprios fiscais.

Os investigados vão responder por peculato (pena de detenção de 2 a 12 anos e multa), corrupção passiva (2 a 12 anos e multa), formação de quadrilha (1 a 3 anos), pesca ilegal (1 a 3 anos, ou multa). Todos foram conduzidos à sede da Delegacia do Meio Ambiente, onde serão interrogados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 154 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal