Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

14/08/2013 - Jornal Umuarama Ilustrado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusado de estelionato nega acusações e diz que cobrava dívida


Umuarama – Acusado de estelionato e detido pela Polícia Civil (PC), de Umuarama, o guarda municipal de Altônia ,Márcio Aparecido Xavier, 31 esteve no Ilustrado, na noite de anteontem (12), para se defender das acusações e disse que acabou sendo confundido quando cobrava uma dívida.
Ele registrou um Boletim de Ocorrências (BO), contra uma mulher que conhece apenas como Maria Mota, que segundo Xavier tinha vendido, para sua mãe, um diploma de supletivo para conclusão de Ensino Médio.
“Minha mãe fazia o curso de Pro-funcionário – para servidores do Estado do Paraná – e teve que deixar os estudos porque o Ministério da Educação (MEC), não reconheceu seu diploma de Ensino Médio. Então fui cobrar os R$ 1.400 que minha mãe tinha pago pela conclusão de estudos oferecido por Maria”, observou.
Xavier conta ainda que Maria teria pedido outros R$ 2 mil para regularizar a situação e acertar para que sua mãe fizesse uma prova de validação do Ensino Médio por uma outra instituição de ensino. “Disse que não queria mais saber dos cursos dela e ela pediu para eu esperar até que o seu marido retornasse. Então ela nos reembolsaria. Chegou a me oferecer seu carro no valor de R$ 5 mil como garantia, mas não aceitei”, destacou.
Foi então que na quita-feira passada (8) Maria teria ligado para sua mãe ir buscar o dinheiro do reembolso. Entretanto, a mãe estava trabalhando e ligou para Xavier fazer o recebimento. “Ao me aproximar a polícia chegou e me acusou de extorsão. A Maria armou toda a situação”, lamentou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 97 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal