Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

14/08/2013 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Trio é preso suspeito de participação em falso sequestro e extorsão no PA

Segundo a polícia, nova modalidade de crime ocorreu no sudeste do Pará. Informados de sequestro de parentes, bancários transferiram R$ 390 mil.

Três pessoas foram presas nesta quarta-feira (14), em Belém, suspeitas de envolvimento em uma nova modalidade de crime, que inclui chantagem por falso sequestro e extorsão via telefone contra bancários. Os crimes ocorreram na terça-feira (13), em Redenção, e na sexta-feira (9), em Paraupebas, municípios do sudeste do Pará.

De acordo com a Polícia Civil, suspeitos ligaram para funcionários que trabalhavam nos caixas de bancos e informaram de falsos sequestros de parentes. Fazendo ameaças de morte às supostas vítimas, eles exigiram dinheiro para liberarem os reféns. Em Paraupebas, R$ 90 mil foram transferidos aos bandidos. Em Redenção, R$ 300 mil foram repassados para a conta dos criminosos.

O trio detido em Belém teria recebido os valores em contas pessoais. Em depoimento, segundo a polícia, um dos presos alegou que recebeu ligação de um homem que explicava que tinha que receber um alto valor na conta bancária, mas precisava ser em nome de outra pessoa por ter problemas com o Fisco, já que a conta seria de uma empresa.

"Ele (o preso em flagrante) disse que aceitou participar da transação, já que lhe ofereceram um boa recompensa. Dos R$ 90 mil que ele recebeu na conta, ficaria com R$ 10mil", relatou Walrimar Santos, da assessoria da Polícia Civil.

Os valores foram recepcionados em Belém, nas contas de duas mulheres e de um homem, e depois foram transferidos aos bandidos. O trio foi preso em flagrante por estelionato e extorsão.

"Eles negam que fizeram as ligações, alegam que foram vítimas e não sabiam do crime. Acreditamos que há outras pessoas envolvidas no golpe", afirmou o delegado Neyvaldo Silva, da Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe), para onde os suspeitos foram encaminhados.

As mulheres serão encaminhadas para o Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. O destino do homem preso em flagrante ainda será definido pela polícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 109 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal