Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/08/2013 - Diário de Pernambuco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Receita alerta para golpe do falso amigo das redes sociais


A Secretaria da Receita Federal divulgou, na última quarta-feira (14), um alerta sobre um novo tipo de golpe que está sendo aplicado pela internet. Somente nos últimos dois dias, a Receita recebeu cinco queixas de pessoas que foram enganadas no estado de São Paulo.

O golpe funciona do seguinte modo: após conhecer alguém na rede, o internauta golpista envia a ele presentes pelos Correios, em geral de baixo valor. Em geral, as vítimas se sentem gratas e a confiança é estabelecida. Alguns dias depois, essas vítimas recebem um pedido de ajuda do golpista. Ele diz que ter um problema que precisa ser resolvida rapidamente, uma encomenda retida no aeroporto. Para resolver, é necessário um depósito, na faixa de R$ 2 a R$ 3 mil, em uma determinada conta corrente bancária.

Veja modelo de documento recebido por uma das vítimas:

O golpista então insinua que a pessoa será recompensada pela ajuda. A vítima então faz o depósito da quantia solicitada na conta bancária. Só que essa conta corrente é de uma outra pessoa, um laranja, que apenas empresta o nome ao falsário. Depois disso, o internauta golpista desaparece da rede.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 400 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: JOSE ALVES DE SANTANA - 19/08/2013 15:18

Se é feito através de deposito bancário,O banco não tem conhecimento destes indivíduos? No caso, tal banco teria que ser responsabilizado, uma vez que o fornecimento destes boletos é do conhecimento do mesmo ou pelo menos mandar prender este(s) vagabundo(s).



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal