Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/11/2007 - Sol Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

GNR alerta idosos para tentativas de burlas no Alentejo


Com uma população envelhecida e dispersa, o município de Aljustrel e a GNR vão sensibilizar os idosos para se prevenirem das burlas, habitualmente praticadas por falsos funcionários bancários, da segurança social ou da companhia de telefones.

Os que se intitulam funcionários bancários, segundo explicou hoje à agência Lusa fonte da GNR, costumam pedir para ver o dinheiro com o argumento de que há notas que já saíram de circulação.
Outros falsos funcionários de bancos querem ver se as pessoas têm notas falsas.

A GNR já registou também casos de falsos funcionários de empresas de electricidade e de telefone, que alegam a necessidade de ver os contadores para entrar em casa das pessoas, sobretudo das mais idosas.

Noutros casos são «burlões» que se apresentam como funcionários da segurança social para «conquistar» a confiança das pessoas e que procuram, sobretudo, idosos que vivem em zonas isoladas para praticar o chamado «conto do vigário».

Apesar dos «casos esporádicos» de burlas na zona, o município alentejano de Aljustrel e a GNR iniciaram hoje uma série de sessões de esclarecimento em todas as freguesias do concelho para sensibilizar a população, sobretudo a mais idosa, para as tentativas de «trapaça».

«As sessões de esclarecimento pretendem sensibilizar os idosos para se prevenirem das burlas, mas, caso aconteçam, saberem o que devem fazer», disse à agência Lusa o comandante local da GNR, capitão Nuno Gonçalves.

O que «acontece muitas vezes» é, segundo o oficial, as pessoas alvo de burlas «não apresentarem queixa, por vergonha ou medo».

«Caso sejam burladas, as pessoas devem contactar as autoridades», apelou Nuno Gonçalves, embora reconhecendo que «não se têm registado, ultimamente, muitos casos» de burlas na zona de Aljustrel, no Baixo Alentejo.

As sete sessões de esclarecimento sobre burlas começaram hoje na vila de Aljustrel e vão estender-se até ao final da semana por todas as freguesias do concelho.

A iniciativa surgiu depois de uma auscultação feita junto da população idosa, que concluiu serem as burlas umas das maiores preocupações.

Por outro lado, a GNR local está a apostar num policiamento de proximidade, com a intervenção do efectivo que ocupa funções administrativas.

«Em Aljustrel, a GNR criou um núcleo de idosos em segurança, em que o pessoal administrativo, sempre que possível, desenvolve policiamento na rua, sobretudo junto da população mais idosa», explicou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 254 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal