Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/11/2007 - Diário de Natal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

CRO e PM flagram falsos dentistas


Em ação inédita, fiscais do Conselho Regional de Odontologia do RN (CRO-RN) e a Polícia Militar flagraram na manhã do último sábado, um falso dentista e um protético sem licença para atuar na profissão, nos municípios de Montanhas e Pedro Velho, respectivamente. Agamenon Severiano, 43, é acusado de atender no sindicato dos trabalhadores rurais de Pedro Velho e Geraldo Freire, 82, é acusado de atender em seu consultório na Avenida Genar Bezerril, em Pedro Velho.

De acordo com o presidente do CRO-RN, Eimar Lopes de Oliveira, ‘‘são muitos os casos de dentistas que atuam no estado sem licença’’. Ele destacou que esse tipo de ação, desencadeada após mais de oito meses de investigação, é muito difícil de acontecer, uma vez que depende das denúncias feitas pela sociedade. ‘‘Nossa missão é fiscalizar quem é legal. Os ilegais, é dever da justiça. Temos vários casos denunciados no RN. Mas tudo se resume a uma questão de educação do povo. A população teria que ser educada para não procurar esse tipo de serviço’’, destacou

A fiscalização do CRO-RN e PM foi até o consultório de Geraldo Freire, que estava, segundo informações da assessoria do CRO-RN, cuidando de um paciente sem o uso de luvas. O protético alegou atender desde a época que existia a figura do dentista prático. Em função da sua idade e por ter residência fixa, não foi conduzido à delegacia. ‘‘Eu trabalho como dentista prático desde a época do doutor Onofre Lopes’’, teria dito o protético segudo a assessoria do CRO.

Já acusado de ser falso dentista, Agamenon Severiano, foi detido depois de muitas denúncias e diligências para localizá-lo. No sábado passado, os fiscais do CRO-RN localizaram o falso cirurgião-dentista em Pedro Velho. Mas ele conseguiu escapar antes dos fiscais chegarem no local. Apesar disso, foram encontradas evidências que ele estava atendendo naquele dia e o presidente do sindicato do trabalhadores rurais, Sebastião Dantas, confirmou que ele estava extraindo dentes e realizando profilaxias. O falso dentista vai responder em liberdade pelo exercício ilegal da profissão, de acordo com o artigo 282 do Código Penal Brasileiro. A pena é de detenção de seis meses a dois anos. Como havia cobrança pelo serviço, o código prevê cobrança de multa. O presidente do CRO-RN frisou que outras diligências serão realizadas ao longo do ano.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 472 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal