Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FRAUDES NAS EMPRESAS

Veja aqui a programação deste importante treinamento programado para o dia 26/04 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

30/07/2013 - Farol Comunitário Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estudantes dos EUA usam sinal GPS falso para tirar iate do percurso

Por: Renan Hamann

Barco de US$ 80 milhões teve os sensores enganados por sinais falsos e confiança no sistema foi colocada em xeque novamente.

Quando utilizamos aparelhos de navegação por sinal GPS em nossos carros e celulares, raramente pensamos que se trata de uma mesma tecnologia utilizada em aviões e diversos outros veículos comerciais, militares e empresariais. Mas será que esse sistema é tão seguro quanto pensamos? Infelizmente a resposta é “não”, pois enganar esse tipo de tecnologia não é muito complicado.

Estudantes da Universidade do Texas (nos Estados Unidos) provaram isso de uma forma bem interessante. Utilizando sistemas de emissão de sinal falsos, eles conseguiram fazer com que um iate de 80 milhões de dólares fosse enganado — a embarcação tem sua navegação completamente baseada nos sinais de GPS e, com o sinal falso, não houve como os comandantes acertarem as rotas.

Como você pode ver no vídeo postado acima, os estudantes utilizaram emissores criados por eles mesmos para montar um ponto de triangulação de GPS. Ao captar as frequências falsas, os sensores de navegação do iate acabaram mostrando posicionamentos bem diferentes do que era a realidade. Vale dizer que isso aconteceu com a autorização dos proprietários da embarcação e não houve nenhuma infração de lei por parte dos estudantes.

Por que isso é assustador?

Com esse sistema, os estudantes provaram que é possível enganar sistemas de GPS utilizando apenas alguns emissores que eles mesmos construíram. Em diversos locais do mundo, é possível comprar os equipamentos necessários para montar “spoofers” (os “enganadores” de sinal) com bastante facilidade. E se isso é possível com a navegação GPS civil, também pode ser com os sinais militares e os utilizados por transportes comerciais (como aviões).

Vários veículos militares se baseiam em sinais de satélite para que tenham mais precisão de posicionamento global. Pensando nisso, não é exagero imaginar que em alguns anos os exércitos de todo o mundo vão ter acesso a meios de ludibriar a navegação de seus inimigos. Sem falar na facilidade com que os localizadores pessoais (civis) poderiam “se perder” e colocar os usuários em situações complicadas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 79 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal